Caetano Veloso comemora 78 anos com live nesta sexta

Para festejar o aniversário, o cantor fará, ao lado dos filhos, sua primeira live durante a quarentena

Comentar
Compartilhar
07 AGO 2020Por Da Reportagem11h01
A expectativa para o show online é grande e Caetano Veloso deve ter preparado os sucessos que mais marcaram os seus quase 60 anos de carreiraFoto: Aline Fonseca/Divulgação

Uma das grandes referências da Música Popular Brasileira, o baiano Caetano Veloso completa 78 anos nesta sexta-feira (7). Para festejar o aniversário, o cantor, compositor, músico, produtor, arranjador e escritor brasileiro fará, ao lado dos filhos Moreno, Tom e Zeca, sua primeira live durante a quarentena. 

"No começo, eu nem via possibilidade de fazer live. Não achava que o que me era proposto fosse do meu feitio. Mas eu queria fazer. Acho graça de o assunto ter ficado tão falado. O fundamental, que é cantar, estar na companhia dos meus filhos e escolher canções, me dá prazer", afirmou Caetano, em comunicado à imprensa.

"Recebo muitos recados e e-mails pedindo canções e até orientando se vou para o lado do material ultraconhecido ou se canto coisas que quase nunca cantei. Meu critério deveria ser exclusivamente este: o que eu posso fazer melhor? Mas tanto os sucessos consagrados quanto as coisas que tratam de temas mais adequados à situação de quarentena - além do desejo de cantar canções pouco ouvidas - abalam esse critério. Assim, o público pode esperar um misto dessas coisas todas", adianta o cantor.

A expectativa para o show online é grande e Caetano Veloso deve ter preparado os sucessos que mais marcaram os seus quase 60 anos de carreira. E foram muitos. Por isso, o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) aproveitou a data e fez um levantamento especial em seu banco de dados, um dos maiores da América Latina, para compartilhar com os fãs do artista informações e curiosidades sobre sua obra, que tem marcado nosso cancioneiro popular por décadas.

São dois rankings especiais: um deles com as músicas do artista mais tocadas nos últimos cinco anos nos principais segmentos de execução pública e outro com as suas músicas mais gravadas por outros artistas.

O hit do artista mais tocado entre os anos 2015 e 2019 foi “Sampa”. Em seguida, se destacaram “Você é linda”, “Você não entende nada”, “Linha do equador”, composta em parceria com Djavan, e “O leãozinho”.


Já entre as músicas mais gravadas de autoria de Caetano Veloso por outros artistas, “Baby” lidera a preferência. Também fazem parte desta lista canções como “Sampa”, “A rã”, “Você é linda” e “Força estranha”.
 
Outra curiosidade levantada indica que Gal Costa é a cantora que mais gravou músicas compostas por Caetano Veloso, até o momento. Em seguida, na lista do Ecad, aparecem os também baianos Maria Bethânia, sua irmã, e Gilberto Gil, que formaram com ele o grupo Doces Bárbaros, na década de 1970. Completam a lista dos cinco principais intérpretes Maria Gadú e Milton Nascimento.
 
O artista tem atualmente 609 músicas autorais e 1899 gravações no banco de dados do Ecad. Nos últimos cinco anos, mais de 85% de seus rendimentos em direitos autorais foram provenientes dos segmentos de TVs, Shows, Música ao vivo e Rádios.
 
Caetano Veloso nasceu em Santo Amaro da Purificação, no interior da Bahia, no dia 7 de agosto de 1942. Uma das suas grandes contribuições para a música brasileira foi o Tropicalismo, movimento lançado no final da década de 1960, do qual foi um dos criadores, que trouxe inovação à cena cultural, marcada, entre outros fatores, pela ditadura militar. Algumas de suas composições foram censuradas pelo regime da época, e Caetano teve que se exilar em Londres por alguns anos. Reconhecido pelo grande valor intelectual e poético que imprime em suas obras, Caetano Veloso é considerado um dos artistas brasileiros mais influentes do país e respeitados no mundo.