Bertioga: Lei Aldir Blanc premia mais de 50 projetos culturais

Todo valor enviado ao Município foi repassado aos artistas; o recurso foi de mais de R$ 368 mil

Comentar
Compartilhar
02 JAN 2021Por Da Reportagem12h17
Casa da Cultura, em BertiogaFoto: DIVULGAÇÃO

Mais de 50 projetos culturais são premiados pela Lei Aldir Blanc em Bertioga. Todos os artistas locais contemplados pela Lei Aldir Blanc já receberam o benefício por meio de transferência bancária, em parcela única. O valor total do recurso enviado ao município foi de R$ 368.949,03.

Ao todo, 55 projetos culturais foram premiados nas categorias individuais e coletivas dos seguintes segmentos: literatura, teatro, circo, música, dança, escola de samba, artes plásticas, artes visuais, patrimônio imaterial e diversidade cultural.

Foram selecionados dez projetos na categoria espaços culturais, no valor de R$ 9.000,00 cada; e 45 na categoria editais de premiações, cujo valor repassado aos artistas varia de R$ 3.000,00 a R$ 21.000,00.

Os projetos vencedores foram escolhidos por uma comissão formada por membros da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura, Conselho Municipal de Políticas Culturais e representantes da classe artística da Cidade.

"Conseguimos dentro do prazo fazer com que todos os artistas premiados recebessem. Esse é o início de uma nova fase para Bertioga na questão da cultura, a gente tem mais conhecimento do que existe na cidade e de como a gente vai poder trabalhar com a cultura daqui para frente", ressalta o presidente da comissão, Paulo Velzi.

Lei Aldir Blanc

A lei é uma homenagem ao músico e compositor Aldir Blanc, morto em maio de 2020 em decorrência da Covid-19. O objetivo é ajudar o setor cultural durante a pandemia do coronavírus.