Atividades culturais levam mais de cinco mil pessoas ao Centro Histórico

A animação ficou estampada no rosto de crianças e adultos durante as apresentações teatrais e danças folclóricas em Itanhaém

Comentar
Compartilhar
27 FEV 201317h55

Mais de cinco mil pessoas compareceram ao Centro Histórico para acompanhar as acrobacias circenses, espetáculos teatrais e danças folclóricas dentro do projeto ‘EmCena Brasil - Circuito Paulista’, realizado no último sábado (23) e domingo (24). Durante as apresentações, artistas se revezaram entre as diversas atividades culturais promovidas durante todo o dia.

A animação ficou estampada no rosto de crianças e adultos durante os espetáculos ao livre na Praça Narciso de Andrade. Um contêiner instalado no Centro Histórico se transformou em palco e uma tenda foi projetada para comportar mais de 400 lugares. O espaço em frente à Igreja Matriz de Sant’Anna ficou pequeno com a grande quantidade de pessoas que chegavam a todo o momento para conferir a programação.

“As crianças ficaram animadas em participar das atrações gratuitas. É sempre bom ver no Município ações que reúnem à família. Moro na região do Belas Artes e cheguei até o Centro Histórico só para trazer minha filha e sobrinha”, conta a dona de casa, Andréia Ferreira Ribeiro.

Estima-se que mais de cinco mil pessoas tenham passado pelo Centro Histórico durante as apresentações (Foto: Divulgação)

O segredo do sucesso entre a garotada esteve na atuação dos atores que com um cenário bastante colorido e textos dinâmicos tiraram risos do início ao fim. O diretor artístico da Companhia Abaré Teatro, Orlando Moreno, conta que as pessoas que assistem aos espetáculos são contagiadas pela mesma emoção. “Há 17 anos estamos na estrada com uma programação diversificada, inclusive, Itanhaém é a primeira cidade a receber o projeto este ano”, ressalta.

O projeto ‘EmCena Brasil – Circuito Paulista’ é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e da Associação Abaré Arte em Cena, com o apoio do Departamento de Cultura de Itanhaém.