Arte no Dique celebra 18 anos de inclusão social com homenagem a Moraes Moreira

O cantor e compositor será homenageado com obra do artista plástico Jotarelli

Comentar
Compartilhar
21 NOV 2020Por Da Reportagem14h14
Jotarelli também é responsável pelo quadro em homenagem a Gilberto GilFoto: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Em 28 de novembro de 2002 foi lançada a pedra fundamental do Instituto Arte no Dique. Passados 18 anos, e com mais de 20 mil pessoas beneficiadas, a instituição celebra essa trajetória com homenagem à Moraes Moreira. Neste sábado (28), às 16h, haverá inauguração de obra do artista plástico Jotarelli prestigiando o cantor e compositor.

Moradores do Dique da Vila Gilda, em Santos, frequentaram as oficinas da instituição, tiveram acesso à cultura e à arte. "Cultura como um todo", como costuma dizer o presidente da ONG, José Virgílio Leal de Figueiredo, já que o Arte no Dique trabalha, com seus colaboradores, alunos, frequentadores, parceiros, a questão da cidadania. 

Diariamente, cerca de 600 pessoas participam do projeto, que tem a missão de oferecer oportunidade de transformação e desenvolvimento humano e social a crianças, adolescentes, jovens e adultos através da participação da comunidade em ações educativas, de geração de renda, meio ambiente e valorização da cultura popular da região. O trabalho sério, que gerou importantes resultados inclusivos, levou a instituição a tornar-se referência em inclusão social, no Brasil e no exterior, sendo convidada diversas vezes festivais e congressos e hoje integra o programa Scholas Ocurrentes, do Vaticano.

Homenagem
Para marcar os 18 anos de trabalho, o Instituto Arte no Dique realizará uma cerimônia virtual, com a inauguração de uma obra de arte em homenagem a Moraes Moreira, padrinho da instituição, concebida pelo artista plástico Jotareli, também responsável pelo quadro em homenagem a Gilberto Gil, que hoje se destaca no prédio da entidade.

"Tenho essa afinidade com o lado social e Moraes Moreira sempre demonstrou essa preocupação. Por isso decidi fazer essa homenagem, além de estar sempre lado a lado com o Arte no Dique, que realiza um trabalho fundamental de inclusão", afirma Jotarelli.

Festival
O festival O Som das Palafitas tem levado anualmente apresentações musicais – gratuitas - de nomes como Armandinho Macedo, Luiz Caldas, Geraldo Azevedo, Hamilton de Holanda e A Cor do Som ao Dique da Vila Gilda, em Santos. 
Após apresentações musicais com nomes importantes da música santista, acontece a fase nacional do festival O Som das Palafitas. Davi Moraes, filho de Moraes Moreira, se apresenta em 21 de novembro. Já Armandinho Macedo encerra a programação no dia 28. Os shows acontecem sempre às 20h, no Facebook do Arte no Dique: www.facebook.com/artenodique.