‘Amostra’ de Arte Popular Quiloa oferece três dias de programação

Programação ocorre nos dias 25, 26 e 27 de janeiro, no Centro Histórico de Santos.

Comentar
Compartilhar
21 JAN 201315h38

Neste ano o Maracatu Quiloa preparou uma programação inédita e variada, que vai ser realizada em Santos, nos dias 25, 26 e 27 de janeiro, em dois locais do Centro Histórico: Praça Mauá e Casa da Frontaria Azulejada. O objetivo é oferecer uma ‘amostra grátis’ cultural, recheada de atrações que fazem referência à cultura negra e popular brasileira, além de religiões de matriz africana.

Com o intuito de transmitir a cultura dos diversos coletivos participantes do ‘8° Cortejo Quiloa’, o cardápio da Amostra inclui exposições; oficinas de música e dança; palestras; performances de Djs; exibições de cinema;  intervenções e shows que utilizam a linguagem da cultura popular.

A iniciativa tem como referência as Mostras de Artes realizadas em Santos (SP), nos anos de 1983 e 1984, organizadas por artistas e integrantes do CVV (Centro de Valorização a Vida de Santos). Nesta edição o evento presta homenagem à fotógrafa Beth Romano, ao diretor teatral Tanah Correa e ao músico pesquisador Henrique Barros (conhecido como Kapitão).

Nestes três dias de atividades participam da ‘Amostra’ nomes como a cantora Simone Ancelmo; Djs do projeto Futuráfrica; Grupo Ilu Ayiê – Candombe Uruguaio (Paraty – RJ); Marcello Laranja (presidente do Clube do Choro de Santos); Grupo Tescom; dançarino Aurélio Prates entre outros artistas.

'Cortejo Quiloa' está em sua 8ª edição. (Foto: Divulgação)

Programação

Dia 25 

A Casa da Frontaria Azulejada (Rua do Comércio, 93, Centro) abriga a programação dos dois primeiros dias do evento. A abertura ao público é realizada dia 25, às 18h. Na sequência, às 19h30, ocorre a exibição do filme ‘A Construção do Carnaval’, dentro do Cine Arte Popular e a partir das 20h é realizada a solenidade oficial de abertura, com apresentação dos homenageados, exibição da cena teatral ‘Canção para Othelo’, inauguração da Exposição Fotográfica ‘Cultura Popular em Foco - Maracatu, Candomblé e Choro’ e inauguração da Exposição de Figurinos ‘Maracatu Nação’. Após as 21h está programada apresentação do Coletivo Futuráfrica e intervenção de maracatu do Quiloa.

Dia 26

O segundo dia da ‘Amostra’, que também ocorre na Casa da Frontaria Azulejada, engloba várias atrações. A partir das 10h acontece o Cine Arte Popular, com a exibição de dois curtas: ‘Folia de Reis’ e ‘Congado – Festa do Rosário’. Em seguida, ocorrem as seguintes atrações: oficina de dança (maracatu) com Aurélio Prates (11h); documentário ‘Ouro Verde – a roda de samba do Marapé’ (13h); palestra sobre a origem do choro com Marcello Laranja (14h); oficina de percussão do candombe uruguaio, com Grupo Ilu Ayiê (16h); curta-metragem ‘Entre baques e batuques’ (17h30); oficina de percussão do Maracatu de Baque Virado – Nação do Maracatu Porto Rico – Recife (18h); exibição dos curtas ‘Coral das lavadeiras de Almenara’ e ‘Jongo’ (19h30); performance de Djs do Coletivo Futuráfrica (20h30) e Espetáculo ‘Matulão do Lua: Brasil de Gonzagão’ – Fuá do Moitará (21h).

Dia 27

O ponto alto do evento é o tradicional Cortejo do Maracatu Quiloa, que ocorre dia 27 (domingo), a partir das 17h, com saída da Praça Mauá. A concentração no local começa às 16h, com Djs do Futuráfrica. Pelas ruas do Centro Velho, o Quiloa apresenta loas (canções) próprias e composições inéditas da ‘Nação Porto Rico e ‘Maracatu Encanto do Pina’, que serão lançadas no Carnaval 2013 de Recife. No desfile, o grupo também apresenta músicas de seu primeiro DVD, gravado em 2009. O público poderá apreciar elementos da cultura popular pernambucana, com sotaque e características próprias da Cidade de Santos. O ritmo contagiante dos tambores promete levantar a plateia, fazendo todos dançarem e cantarem com a energia do maracatu. Os shows na Praça prosseguem após o cortejo, com Grupo Ilu Ayiê - de Paraty (18h30), Coletivo Futuráfrica (19h10) e Simone Ancelmo (20h).

Programação completa da 'Amostra'. (Foto: Divulgação)