Banner gripe

10ª Festa de Iemanjá consolida tradição de Guarujá

A prefeita Antonieta prestigiou o evento, que integra o Calendário Oficial do Estado

Comentar
Compartilhar
05 FEV 201516h46

Sob o som dos atabaques e a beleza das flores, Guarujá realizou a 10ª Festa de Iemanjá na segunda-feira (2). A maior celebração dedicada ao orixá no Estado acontece tradicionalmente nas areias da Praia da Enseada. Em noite de lua cheia, com o calor das velas e diante da brisa do mar, cerca de 10 mil pessoas, integrantes ou simpatizantes das religiões de matrizes africanas, como candomblé e umbanda, manifestaram sua fé na Rainha do Mar. O evento faz parte dos calendários turísticos do Município, da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem) e da Secretaria de Estado da Cultura.

Por mais um ano, a prefeita Maria Antonieta de Brito prestigiou a festa. Ela estava acompanhada dos secretários municipais Odair Dias Filho (Cultura), Eliane Ribeiro (Coordenação Governamental), Ana Paula Metropolo (Chefe de Gabinete), José Carlos Rodriguez (Turismo), Maria Angélica Cruz (adjunta de Desenvolvimento e Assistência Social), Eliane Belfort (adjunta de Desenvolvimento Empresarial) e Duíno Verri Fernandes (vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras).

A prefeita Antonieta prestigiou o evento, que integra o Calendário Oficial do Estado (Foto: Marcos França/PMG)

“Nossa Festa de Iemanjá é a maior festa do Estado de São Paulo. Guarujá se tornou uma referência. É importante prestigiar a grandiosidade da cultura negra. Temos aqui uma grande expressão religiosa, organizada e bonita, com participação dos terreiros da Cidade e a participação direta das mães e pais de santo. Temos o papel institucional de valorizar a cultura de cada povo, que guarda suas crenças e tradições a partir da miscigenação. Essa cultura é muito rica e merece o nosso respeito e apoio”, disse a prefeita.

O evento é organizado pelos terreiros junto com a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. A iniciativa contou ainda com apoio da Secretaria Municipal de Coordenação Governamental, por meio da Assessoria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, e o Conselho Municipal de Desenvolvimento e Participação da Comunidade Negra. A Prefeitura montou 20 tendas para os terreiros de candomblé e umbanda.

Procissão – A procissão com os babalorixás (pais do orixá), yalorixás (mãe do orixá) partiu da Avenida Dom Pedro I e seguiu até as areias da Enseada, em frente à Praça Horácio Lafer. O ato religioso foi marcado por cânticos e queima de fogos. Na procissão, os fiéis levavam flores, barcos com oferendas e presentes para a Rainha do Mar.

A filha de santo Fabiana de Logun Edé, do Ilê Axé Alacaro Acarau, de Marcos do Ogum, era uma delas. Ela participa do evento há oito anos, “é muito importante esta festa estar no Calendário da Cidade porque, para o povo do axé, representa respeito. Iemanjá é um orixá muito conhecido e isso diminui o preconceito com a gente”, disse.

O vice-presidente do Conselho Municipal da Comunidade Negra, Rafael Rodrigues, aprovou o resultado. “A 10ª Festa de Iemanjá na Cidade está muito bonita, tem muita gente participando e os terreiros estão envolvidos. A Secretaria de Cultura ajudou muito para que a festa se tornasse este sucesso”, disse Rafael Rodrigues.

Conscientização – O evento contou com três dias de programação, com mostras de capoeira, teatro, culinária típica e palestras sobre a importância do combate à intolerância religiosa.

Representante estadual reconhece potencial guarujaense

Por mais um ano, o presidente estadual do Conselho da Comunidade Negra, Marco Antônio Zito Alvarenga, participou da festa guarujaense. Ele representou o governador Geraldo Alckmin no ato. “A Festa de Iemanjá de Guarujá continua crescendo. A gestão tem dado uma visibilidade significativa. A liberdade das religiões de matrizes africanas é importante porque elas foram muito perseguidas. As religiões merecem que o poder público tenha esse olhar mais afetivo que a prefeita Antonieta dá”, considerou o representante estadual.

Colunas

Contraponto