Solenidade celebra os 69 anos de Cubatão e homenageia personalidades da cidade

Evento aconteceu na Câmara dos Vereadores da Cidade

Comentar
Compartilhar
13 ABR 2018Por Da Reportagem12h49
Evento aconteceu na Câmara dos Vereadores da CidadeEvento aconteceu na Câmara dos Vereadores da CidadeFoto: Divulgação

A Câmara promoveu ontem (12/04) a Sessão Solene Comemorativa ao 69º Aniversário de Emancipação Político-Administrativa do Município de Cubatão. Durante o discurso oficial da solenidade, o prefeito Ademário Oliveira ressaltou que priorizará o gasto público em saúde e educação em detrimento a ações de entretenimento à população. O senador José Serra (PSDB-SP), que seria o orador oficial do evento, não pode comparecer em virtude um problema de saúde. A Sessão Solene também conferiu o título de Cidadão Cubatense ao padre Eniroque Ballerini, da paróquia São Judas Tadeu (Jardim Casqueiro), e o Diploma Amigo de Cubatão a personalidades que prestaram serviços relevantes ao município.

Os trabalhos da solenidade foram conduzidos pelo presidente da Câmara, Rodrigo Alemão (PSDB), que contou com a participação na mesa oficial, além do prefeito municipal e do padre Eniroque, das seguintes autoridades: Mayla Hadid, delegada de Polícia de Defesa da Mulher de Cubatão; Antônio Sérgio Messias, delegado titular do município; Tenente Marcos Vinicius, comandante interino da 4ª Companhia da Polícia Militar; Dr. Mayr Godói, vereador da primeira legislatura da Câmara Cubatense; André Izzi, presidente da OAB Cubatão; e Valdir Caobianco, diretor do CIESP Cubatão.

O prefeito agradeceu a população cubatense pela compreensão frente aos diversos problemas enfrentados pela administração. Ele explicou que, às vezes, a população tem a expectativa que a Prefeitura promova shows com artistas famosos ou Desfile Cívico no aniversário da cidade, mas que, na atual conjuntura financeira, precisa optar em investir em áreas prioritárias, como a reforma de escolas municipais e a manutenção de vias públicas.

Ademário comentou sobre o legado de José Serra quando esteve à frente do governo do estado de São Paulo para Cubatão, destacando o desenvolvimento do Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar, que teve o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores dos Bairros-Cota por meio de intervenções sociais e urbanísticas, e do reassentamento de famílias residentes em áreas de risco. "Tenho certeza que a Cota será em breve um dos melhores lugares para se viver", afirmou o prefeito.

O padre Eniroque Ballerini agradeceu o título de Cidadão Cubatense entregue pelos vereadores da cidade e disse que já são quinze anos de serviços prestados à Cubatão. "Minha responsabilidade agora é maior", ressaltou o sacerdote. Ele chamou a atenção para a necessidade de incutir nas crianças os valores da fé, da educação, do trabalho e da solidariedade. O religioso ainda destacou a relação intrínseca entre cidade e cidadania. "O que é de todos deve ser cuidado por todos".

As bancadas com representação na Câmara Municipal concederam o Diploma Amigo de Cubatão a pessoas que prestaram relevantes serviços à comunidade cubatense. Foram elas: Maria Dalva Machado, servidora pública da Secretaria Municipal de Habitação; Sandra Cristina de Costa e Silva, coordenadora do Exército da Salvação na Vila dos Pescadores; Eduardo Firmo Barbosa, comerciante no ramo de materiais de construção; Carlos Alberto Alonso Filho, médico e especialista em Gestão de Saúde; Israel Alves Soares (PDT): Cabo da Polícia Militar e responsável pelo Clubinho de Férias da PM; Severina Gonçalves da Silva (PSDB):, médica do Programa Saúde da Família da Vila Dos Pescadores; Sebastião Hipólito (PSB), tradicional comerciante da cidade; e Waltercir Lopes Fernandes – O Cici (MDB), proprietário da quitanda Sol Nascente.

Para finalizar a solenidade, o jurista e escritor Mayr Godoy explicou que com a Carta Magna de 1988, o município passou a integrar a federação e ganhou um capítulo especial, reforçando a sua autonomia como ente federado. O ex-vereador lamentou o fato de que após décadas pouca coisa tenha se alterado em favor do município em termos de partilha tributária.

A Sessão Solene ainda contou com a apresentação do Coral dos Servidores Municipais e da bailarina Vanessa Talita do Conservatório Municipal.