Prefeitura de Cubatão se reúne com sindicatos, mas não apresenta proposta

Segundo os dirigentes sindicais, eles foram chamados para receber a notificação da justiça, que determina o retorno de 80% do funcionalismo ao trabalho, e não para discutir propostas

Comentar
Compartilhar
30 MAR 2017Por Diário do Litoral11h55
Centenas de servidores protestam em frente ao Paço Municipal neste momentoFoto: Daniela Origuela/DL

Representantes do Sindicato dos Servidores e do Sindicato dos Professores de Cubatão se reuniram com membros da Administração Municipal, na manhã desta quinta-feira (30). Segundo os dirigentes sindicais, eles foram chamados para receber a notificação da justiça, que determina o retorno de 80% do funcionalismo ao trabalho, e não para discutir propostas referentes aos projetos da reforma administrativa aprovados na terça-feira (28) pelos vereadores.

O diretor jurídico do Sindicato dos Servidores disse que vai recorrer da decisão da justiça, uma vez que os serviços na área da saúde,  considerados de emergência, são terceirizados e os profissionais da educação não se enquadrariam nesse perfil. A greve continua.

Ainda de acordo com os dirigentes sindicais, após muita pressão, os representantes da Administração disseram que, às 16 horas de hoje, o prefeito Ademário de Oliveira (PSDB) se reunirá com os sindicatos para apresentar propostas. 

Centenas de servidores protestam em frente ao Paço Municipal neste momento.