X

Manifestação

Prefeitura de Cubatão se pronuncia após greve dos professores

Reunidos, os docentes se posicionaram na frente do Paço e exigiram conversar de forma direta com o Executivo para tentar viabilizar a situação

LG Rodrigues

Publicado em 02/04/2024 às 22:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Professores de Cubatão se uniram e protestaram durante a manhã e a tarde / Sindicato dos Professores Cubatão / Facebook

A falta de um acordo em relação aos salários dos professores municipais de Cubatão levou a categoria a realizar mais um protesto durante parte da manhã e tarde desta terça-feira (2) no Município.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Reunidos, os docentes se posicionaram na frente do Paço e exigiram conversar de forma direta com o Executivo para tentar viabilizar a situação.

Conheça a história dos tubos gigantes da Serra do Mar; veja fotos

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

"A educação de Cubatão está em greve por dignidade na carreira, contra os erros no pagamento, contra o corte das aposentadorias, fim da distorção salarial na Educação Infantil I e pela jornada como base previdenciária", divulgou o Sindicato dos Professores Municipais de Cubatão, o SindPMC.

Em nota, a Prefeitura de Cubatão informou que houve tratativas junto ao Sindicato dos Servidores Públicos de Cubatão (Sispuc), o que resultou na antecipação do pagamento do dissídio para o mês de março, concedendo 5% de reajuste salarial para todos os servidores públicos municipais.

Homem é resgatado após se perder em trilha em Cubatão; ASSISTA

"Cabe ressaltar que o dissídio da categoria do funcionalismo público é no mês de maio, estando a Prefeitura impedida de conceder reajuste fora do índice inflacionário (que atualmente é de 5%) em obediência à legislação eleitoral", afirmou em nota.

"Importante citar o respeito que os educadores têm sido tratados ao longo dos anos sobre essa questão salarial pela Seduc: em 2023, o reajuste foi de 10,31%, acima do índice inflacionário de 4,62%. Em 2022, o aumento chegou a 10,06%, acima dos 5% da correção inflacionária".

Festejos em Cubatão devem gerar mais de 200 empregos diretos

APOSENTADORIAS.
Sobre a revisão das aposentadorias feitas sem ampliação de jornada e carga suplementar, a Prefeitura de Cubatão já afirmou que já enviou à Câmara Municipal o projeto de lei sobre o assunto e, assim que aprovado, todos os cálculos previdenciários serão feitos de acordo com os critérios estabelecidos nesta lei.

Por fim, segundo a Prefeitura, as unidades escolares permaneceram abertas nesta terça (2), funcionando normalmente, exceto nas salas de aula em que houve adesão dos professores à paralisação. "Nestas, os alunos ficaram sem aula, o que comprometeu o calendário escolar e a rotina dos pais e responsáveis que contam com o dia a dia escolar como rede de apoio", conclui a nota.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6416, nesta segunda (15)

O prêmio é de R$ 35.000.000,00

Itanhaém

Homem morre após parada cardiorrespiratória em praia de Itanhaém

Ao encaminharem para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém, constataram a morte

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter