X
Cubatão

Justiça determina que parte dos ônibus volte a circular

Decisão liminar reverte paralisação e exige que 70% da frota esteja ativa em horários de pico

70% da frota deve voltar às ruas nos horários de pico / Divulgação

A Fênix Viação, concessionária de transporte coletivo de Cubatão, informou na tarde desta segunda (8), que a Justiça determinou - conforme decisão liminar - a operação de 70% dos ônibus da frota nos horários de pico (6h, 9h, 16h e 19h) e 50% no entre pico.

A paralisação dos trabalhadores na manhã desta segunda atingiu 100% das linhas da Cidade. Segundo a viação, a greve se deu por reivindicações de reajuste salarial dos colaboradores junto ao Sindicato, "da qual a empresa restou impossibilidade de conceder visto o desequilíbrio do contrato de concessão firmado com o Município.

A greve iniciou às 4 horas da madrugada desta segunda-feira (8). Este seria o horário que os primeiros ônibus deveriam sair da garagem. A greve, que foi aprovada em assembleia na última quinta (4), é uma reivindicação pela assinatura do acordo coletivo negociado em maio deste ano, que prevê o reajuste dos salários dos trabalhadores.

Cerca de 60 trabalhadores estavam de braços cruzados aguardando respostas por parte da empresa. Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários de Santos e Região (Sindrod), Eronaldo José de Oliveira, o reajuste acordado é de 7,59% nos vencimentos dos trabalhadores. Em uma reunião realizada no início de outubro entre o sindicato, a empresa e a prefeitura, a direção da Fênix garantiu que pagaria em cinco parcelas o reajuste retroativo desde maio. No entanto, o pagamento não foi realizado.

Prefeitura

Em nota, a Administração Municipal explicou que o motivo da paralisação se dá exclusivamente por reivindicações trabalhistas do sindicato à empresa Fênix. A Prefeitura informa também que as solicitações feitas pela viação sobre as cláusulas contratuais estão seguindo os trâmites administrativos e processuais.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Mais de 200 mil maços de cigarro são apreendidos pela PRF na Régis Bittencourt

Uma equipe de policiais solicitou a parada de um caminhão, porém o condutor do veículo não obedeceu de imediato, parando o caminhão cerca de 1 quilômetro adiante

Saúde

Saúde ampliou condições especiais em contrato de entrega de vacinas infantis

Um contrato é para o armazenamento de vacinas da Pfizer contra a Covid-19, e o outro, para o transporte, ambos numa temperatura de -90ºC a -60ºC. O valor dos serviços é de R$ 62,2 milhões

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software