Grupos Artísticos de Cubatão se apresentam em escolas municipais esta semana

Banda Marcial, Corpo Coreográfico e Coral Raízes da Serra levam sua arte aos alunos da Educação de Jovens e Adultos – EJA

Comentar
Compartilhar
28 AGO 2019Por Da Reportagem12h45
Os concertos em escolas da rede pública integram o projeto "Fazendo Arte"Foto: Divulgação/PMC

Estudantes do período noturno da UME Dom Pedro I, na Vila Natal, vão receber apresentações musicais e dança esta semana. Nesta quinta-feira (28), às 19h, a Banda Marcial e seu Corpo Coreográfico, respectivamente sob o comando do maestro Alexandre Felipe Gomes e da coreógrafa Jhully Batista, levarão um repertório recheado de música Pop e temas de filmes. Já na sexta-feira (29) será a vez das maduras vozes do Coral Raízes da Serra, com regência de Sandra Diogo Moço, cantarem a felicidade no pátio da escola municipal.

"É sempre interessante que a plateia conheça a formação dos diferentes grupos de música ou dança e as particularidades de cada equipe. Temos a oportunidade de apresentar os artistas e, dessa forma, valorizar o trabalho de cada envolvido", afirma o maestro Alexandre.

Os concertos em escolas da rede pública integram o projeto "Fazendo Arte" conduzido pelos Grupos Artísticos de Cubatão por meio da Asabamc – Associação de Amigos da Banda Marcial de Cubatão. A ideia é realizar apresentações em escolas do município de Cubatão, difundindo e educando por meio da arte musical. O projeto tem formato didático e atende alunos do ensino fundamental, médio e adultos do programa EJA. Como protagonistas estão a Banda Marcial, Corpo Coreográfico, Coral Raízes da Serra e Coral Zanzalá.

Novo modelo de gestão

 Os Grupos Artísticos de Cubatão retornam às atividades após a paralisação dos trabalhos em setembro do ano passo, quando a justiça determinou inconstitucional a maneira como a Prefeitura disponibilizava a ajuda de custo. Um trabalho conjunto entre artistas, Prefeitura e Câmara Municipal chegou à solução legal do problema que foi a celebração de um termo de fomento.

O dispositivo permite o subsídio aos Grupos Artísticos por meio da Associação de Músicos da Banda Sinfônica de Cubatão (AMBSC) e a ASABAMC, organizações sociais sem fins lucrativos. Com isso, os Grupos serão mantidos até o fim do ano por meio de emendas impositivas da Câmara direcionadas pelos vereadores Érika Verçosa, Wilson Pio, Rodrigo Ramos Soares (Alemão), Ivan Hildebrando, Anderson de Lana Andrade e Marcio Silva Nascimento (Marcinho), com aditivo financeiro da Secretaria de Cultura. Com isso, todos os participantes dos Grupos passam a ser microempreendedores individuais (MEI), fortalecendo os artistas e gerando a profissionalização. Fazem parte dos Grupos Artísticos de Cubatão: Banda Sinfônica, Cia de Dança, Banda Marcial e Corpo Coreográfico, Coral Zanzalá, Coral Raízes da Serra e Grupo Rinascita.

Colunas

Contraponto