Cubatão

Cubatão 73 anos: obras devem transformar a Cidade

Grandes mudanças seguem em Cubatão, a começar por um dos bairros mais nobres da Cidade: o Novo Casqueiro

Da Reportagem

Publicado em 09/04/2022 às 07:05

Compartilhe:

Grandes obras fazem parte do pacote de “sonhos” do prefeito Ademário Oliveira durante a sua gestão. Entre elas, a renovação urbana de um dos pontos turísticos mais famosos da Cidade: a Avenida Beira Mar, no Jardim Casqueiro. Com um custo de, aproximadamente, R$ 28 milhões, a obra revitalizará um dos bairros mais nobres de Cubatão e tem entrega prevista para outubro deste ano.

Além disso, mudará completamente a paisagem de quem passa pela avenida, já que uma outra obra grandiosa também está em andamento: a construção de um grande píer ligando os bairros margeados pelo Rio Casqueiro. Com custo na casa dos R$ 23 milhões, esta obra promete transformar o tradicional Jardim Casqueiro em Novo Casqueiro ainda em 2022.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

E não para por aí. Uma das maiores promessas dos governantes que passagem pela cadeira do Executivo cubatense pode se cumprir em 2023, pelo menos as fases iniciais: a urbanização da Vila Esperança, uma das maiores favelas da Baixada e a maior de Cubatão, onde serão investidos em torno de R$ 20 milhões.

Seguindo o projeto de integração dos bairros periféricos à Cidade de Cubatão, a Vila dos Pescadores também entra no pacote de urbanização.

Outras obras também fazem parte deste desejo do prefeito do PSDB de mudar a cara da Cidade e despertar o orgulho do cubatense, além de também colaborar na mobilidade e logística do Município. 

É o caso da ciclovia criada na Avenida Nossa Senhora de Fátima, na Vila Nova, atendendo a milhares de moradores ciclistas que acessam aquela região ou passam por ela para trabalhar no Centro da Cidade. Assim como a manutenção da iluminação pública, além de drenagem e repavimentação das vias. Só estas três obras somam um investimento de R$ 15 milhões.

A história também deve ser preservada com a revitalização da Biblioteca Municipal da Cidade, iniciada neste mês, e que conta com um investimento quase R$ 3 milhões. 

O local é um importante ponto turístico e histórico da Cidade: era a antiga Prefeitura no início da emancipação política e está situada na região Central, ao lado da matriz Igreja Nossa Senhora da Lapa, outro cartão postal cubatense.

Segundo a Prefeitura, entre os benefícios das obras em andamento, estão a melhoria na infraestrutura e, consequentemente, na segurança dos munícipes, e o melhor aproveitamento dos espaços, no caso do Píer do Casqueiro. 

“Além disso, a exemplo da reforma da Biblioteca Municipal, a revitalização contribui para a manutenção de um espaço importante para a Cidade. Já a Urbanização da Vila Esperança representa uma significativa melhora na qualidade de vida da população daquela área, bem como melhora para o meio ambiente”, confirma a Administração.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Anchieta e Cônego Domênico Rangoni têm lentidão; veja sentidos e pontos

Motorista vai precisar sair mais cedo de casa para chegar ao seu destino no tempo certo

Esportes

Palmeiras perde para o Botafogo e fica na vice-liderança do Brasileirão

Vitória fez o Botafogo assumir a liderança da tabela com 36 pontos

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter