Corais Zanzalá, Raízes da Serra e Corpo Coreográfico apresentam ‘Domingo no Parque’

Apresentações têm início às 15h no Parque Anilinas. Pela manhã, Banda Marcial realiza "Ensaio Aberto" no Bloco Cultural.

Comentar
Compartilhar
12 OUT 2019Por Da Reportagem20h05
Foto: Divulgação/PMC

Este domingo (13) vai ser de muita música e dança em Cubatão. Os Grupos Artísticos da cidade realizam atividades gratuitas que envolvem a comunidade. Pela manhã, a partir das 9h30, a Banda Marcial recebe o público dentro do projeto "Ensaio Aberto". Será no Bloco Cultural (Praça dos Emancipadores, s/nº).

A ideia é abrir as portas do ensaio semanal da equipe para que as pessoas vejam como funciona a banda por trás da cena. "É uma grande alegria mostrar a toda comunidade nosso ensaio e é uma oportunidade para que jovens músicos acompanhem nosso dia a dia", afirma o maestro Alexandre Felipe Gomes.

Domingo no Parque – A partir das 15h ocorre o projeto "Domingo no Parque" reunindo os Corais Zanzalá e Raízes da Serra, e o Corpo Coreográfico da Banda Marcial. As apresentações acontecem no Vão Cultural do Parque Anilinas (Av. Nove de Abril, s/nº), com entrada franca e terá cunho solidário, envolvendo os grupos no Outubro Rosa de combate e prevenção ao câncer de mama.

O Coral Raízes da Serra traz as vozes da Terceira Idade em um repertório alegre e recheado de canções folclóricas como "Piado de dois mutuns", "Tiro ao Álvaro" e "As Mariposas", de Adoniran Barbosa; "Estrada de Canindé", de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira; "Deixa a vida me levar", de Zeca Pagodinho; "Chalana", de Mário Zan; e "Epitáfio", dos Titãs. A regência será da maestrina Sandra Diogo Moço e expressão corpora de Suely Sanchez.

Já o Corpo Coreográfico da Marcial, com coreografias de Jhully Batista, apresentará evoluções militares e danças com as montagens "African Symphony", "Fanfarra Olímpica", "Vingadores" e "Rindo à toa".

E sob comando da regente-assistente, Maria Fernanda Tavares, o Coral Zanzalá fará uma viagem pela Música Popular Brasileira. Integram o programa deste domingo: "Samba a dois", de Marcelo Camelo; "Flor de lis", composição de Djavan; "Conversa de botequim", de Damiano Cozzella; e "Louva a Deus", clássico de Milton Nascimento e Fernando Brant.

Campanha lenço solidário – Durante o evento, esses Grupos, formados em sua maioria por mulheres e adolescentes, vão apoiar a Campanha Lenço Solidário. Para isso, estarão recebendo a doação de lenços de tecido para serem distribuídos posteriormente a entidades que apóiam mulheres vítimas de câncer e que perderam seus cabelos por conta do tratamento. A Campanha integra o Outubro Rosa, mundialmente conhecido pelas ações de prevenção e combate ao câncer de mama.

Novo modelo de gestão – A Banda Sinfônica de Cubatão, Cia de Dança, Coral Zanzalá, Banda Marcial e Corpo Coreográfico, e Grupo Rinascita de Música Antiga fazem parte dos Grupos Artísticos de Cubatão que retomaram as atividades em agosto deste ano com um novo modelo de gestão. Agora, os Corpos Estáveis funcionam por meio de dois termos de fomento. Os recursos serão destinados pela Prefeitura às organizações sociais civis sem fins lucrativos Associação de Amigos da Banda Sinfônica de Cubatão (AMBSC) e Associação de Amigos da Banda Marcial de Cubatão (Asabamc).

Os Grupos serão mantidos até o fim do ano por meio de emendas impositivas da Câmara direcionadas pelos vereadores Érika Verçosa, Wilson Pio, Rodrigo Ramos Soares (Alemão), Ivan Hildebrando, Anderson de Lana Andrade e Marcio Silva Nascimento (Marcinho), com aditivo financeiro da Secretaria Municipal de Cultura. Com isso, todos os participantes dos Grupos passam a ser microempreendedores individuais (MEI), fortalecendo os artistas e gerando a profissionalização.