7ª Mostra de Teatro Estudantil começa a partir desta segunda-feira (18) em Cubatão

Evento tem cinco peças no Teatro do Kaos até 29 de novembro

Comentar
Compartilhar
16 NOV 2019Por Da Reportagem19h40
Foto: Divulgação/PMC

O Teatro do Kaos recebe, a partir de segunda-feira (18), a 7ª Mostra de Teatro Estudantil, como conclusão das cinco turmas das Oficinas de Teatro, do Projeto Evolução III. Cada turma apresentará uma peça até o dia 29 deste mês, em três sessões diárias: às 14h, 15h e 19h30.

O Projeto Evolução III conta com o patrocínio da Petrocoque, através da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Governo, da Secretaria Especial da Cultura, além de executado pelo Teatro do Kaos.

O Teatro do Kaos fica situado na Praça Joaquim Montenegro, 34 – Largo do Sapo – Cubatão/SP.

Confira a programação:

 

18 e 19/11– Peça: HORAS ANTES    

Classificação Indicativa: 10 anos

às 14h, 15h e 19h30

Sinopse oficial: "Horas antes" transita entre o mágico mundo da imaginação e a dura realidade exibida nos noticiários, trazendo a reflexão do quão difícil tornamos a missão de administrar nosso tempo através da questão: "o que você faria se tivesse só 48 horas de vida?"

 

20 e 21/11– DISTOPIA

Classificação Indicativa: 14 anos

às 14h, 15h e 19h30

Sinopse oficial: "Que Deus abençõe os brancos, para que os negros possam dormir em paz". O exercício cênico "Distopia" abre uma discussão performática, em forma de denúncia de tudo aquilo que se pode acontecer, com um corpo negro ao ir até a única padaria aberta na comunidade. Livremente inspirado em "Buraquinhos ou o vento é inimigo e picumã" de Jhonny Salaberg.

 

22 e 25/11 – BRINCADEIRAS DE CRIANÇA

Classificação Indicativa: Livre

às 14h, 15h e 19h30

Sinopse oficial: Quem não se lembra das brincadeiras de criança: pega-pega, esconde e esconde, amarelinha, queimada, etc? O exercício cênico da turma de quarta-feira, do projeto evolução III, trás as lembranças dessas brincadeiras, abrindo um paralelo de interrogações sobre o futuro das crianças nos dias de hoje, e sobre o tempo de vida do nosso planeta.

 

26 e 27/11 – P.A.I.

Classificação Indicativa: Livre

às 14h, 15h e 19h30

Sinopse Oficial: "Paternidade. Abandono. Independência." Foi comprar cigarro. Visita semana sim, semana não. Semana não, de novo. Pensão na conta. Ou não. Não mesmo. Vó na festa da escola em pleno dia dos pais. Adolescentes assustados com a idéia da paternidade.

O experimento cênico "P.A.I." trata de forma bem humorada das relações entre pai e filho, pai e mãe, mãe e filho. Vai além da relação de geração ou criação. Trata-se de um processo de acomodação da falta da figura paterna no país onde mais de 5,5 milhões não possuem o nome do pai registrado nos documentos.

 

28 e 29/11– TOUCH (EU JÁ ME VI NESTE LUGAR)  

Classificação Indicativa: 12 anos

às 14h, 15h e 19h30

Sinopse oficial: O exercício cênico "touch, eu já me vi neste lugar" abre uma discussão sobre o uso desenfreado da tecnológica. Transitando pelo universo do teatro do absurdo e da performance, o exercício vai se desenrolando de maneira sarcástica e crítica, provocando uma auto reflexão sobre os valores humanos nos dias de hoje.