Volta do programa 'Viva o Bairro' começa pelo Marapé

Primeiras intervenções no bairro serão iniciadas na próxima segunda (26)

Comentar
Compartilhar
24 MAI 201400h48

A versão 2014 do Projeto Viva o Bairro terá início segunda- feira, dia 26, com o trabalho intensificado na zeladoria dos bairros. A retomada da bem sucedida iniciativa de 2013, que possibilita aos munícipes propor melhorias ao Executivo, ocorrerá no Marapé, a partir das 9 horas.

Este ano, a novidade é a implantação de uma unidade móvel (cedida por meio de parceria com a empresa Ecoporto), que permanecerá em média três dias estacionada no bairro. O veículo será um canal aberto com os munícipes, que poderão fazer reivindicações entre 9 e 17 horas. Em até 10 dias, o prefeito estará no local para prestar contas e anunciar investimentos.

Até dezembro, 44 regiões serão visitadas. “Muitas vezes, o poder público fica distanciado da comunidade. O contato não existe por conta dos compromissos acumulados pelo secretariado, mas com o ‘Viva o Bairro’ essa realidade mudou. Todos tiveram a oportunidade de se manifestar”, disse o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

A retomada do programa acontecerá às 9 horas de segunda (26), no Marapé (Foto: Matheus Tagé/DL)

Etapas

- 1ª etapa: unidade móvel ficará em média três dias estacionada em um bairro, das 9h às 17h, em pontos estratégicos; 

- Além do veículo vai ter equipe para registro de reivindicações e propostas de melhorias; simultaneamente, outro grupo faz busca-ativa para coletar sugestões;

- Ocorrências serão tabuladas pela Ouvidoria e encaminhadas aos respectivos setores;

- 2ª etapa: em até dez dias, o prefeito retorna ao local para prestar contas e anunciar ações e investimentos;

- 3ª etapa: no primeiro dia útil seguinte ao anúncio é iniciado mutirão de serviços;

- Os serviços contemplam recapeamento, poda de árvores, limpeza urbana, pintura e manutenção de equipamentos públicos, entre outros.