Vereadores se unem para a defesa do Litoral Sul e Vale

Uma frente parlamentar foi criada composta por vereadores de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo

Comentar
Compartilhar
23 AGO 2019Por Nayara Martins11h50
O aeroporto regional de Itanhaém foi o principal tema debatido na reuniãoFoto: Nayara Martins/Diário do Litoral

Unir as forças em defesa de interesses comuns da região. Essa é a proposta dos parlamentares das regiões do Litoral Sul e do Vale do Ribeira, que se reuniram na manhã de ontem na Câmara de Peruíbe. Uma frente parlamentar foi criada composta por vereadores de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo. O aeroporto regional Dr. Antonio Ribeiro Nogueira Júnior, de Itanhaém, foi o principal tema debatido na reunião.

A ideia foi proposta pelo presidente da Câmara de Itanhaém, Hugo Di Lallo (Cidadania). “É preciso unir forças para viabilizar o aeroporto, além de outras prioridades para o desenvolvimento”.

O vereador esteve, em julho, na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em Brasília, reunido com o secretário nacional da Aviação Civil, Rafael Botelho, para falar sobre o equipamento. “O secretário afirmou que o aeroporto tem boa estrutura e só depende do governo do Estado e do consórcio Voa São Paulo para fazerem as adequações necessárias”, completou. O consórcio Voa São Paulo é o responsável pela administração do aeroporto, que tem uma pista de 1350 metros.

O próximo passo será agendar uma audiência com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para mostrar que o aeroporto de Itanhaém tem plenas condições de atender a região, inclusive a Baixada Santista.

No próximo dia 5 de setembro já está agendada uma visita técnica com integrantes da frente parlamentar ao aeroporto de Itanhaém. Eles serão recebidos por representantes do consórcio Voa São Paulo. “Nosso objetivo é com as informações obtidas “in loco”, apresentar ao Governo do Estado as condições do aeroporto de Itanhaém como uma opção viável à aviação civil na região”, frisou.

Outra reivindicação do grupo é solicitar ao Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) para que inclua o aeroporto no programa estadual “São Paulo para Todos”, que incentiva voos domésticos e comerciais.

Fortalecer

O presidente da Câmara de Peruíbe, Paulo Carlos de Oliveira Júnior (PC do B), o Paulinho da TV, afirma que “o aeroporto de Itanhaém é extremamente necessário ao fortalecimento da região, vamos vestir essa camisa, independente dos aeroportos de Praia Grande e de Guarujá, a nossa região possui cerca de 300 a 400 mil pessoas fixas, nas cidades do litoral sul até Pedro de Toledo”. Ele lembra que esse número não inclui a demanda na época da temporada de verão, o que pode triplicar.

A Câmara de Peruíbe já formalizou uma Comissão de Estudos para o Desenvolvimento da região do Litoral Sul e do Vale do Ribeira.

Para o presidente da Câmara de Mongaguá, Carlos Jacó Rocha (PRP), conhecido como Carlos Cafema, outras demandas necessárias são a utilização da via férrea para o Veículo Leve sobre Trilho (VLT) e o reforço
na área da segurança pública.

Colunas

Contraponto