Vereador denuncia ‘cabidaço’ de emprego na Cohab Santista

Benedito Furtado (PSB) disse em plenário que acredita estar havendo aliciamento de funcionários para trabalharem para partidos

Comentar
Compartilhar
29 JUN 2017Por Carlos Ratton08h30
Declarações do vereador estão à disposição no site da Câmara. A Direção da Cohab nega denúncias de FurtadoDeclarações do vereador estão à disposição no site da Câmara. A Direção da Cohab nega denúncias de FurtadoFoto: Matheus Tagé/DL

Situação política embaraçosa. O vereador Benedito Furtado (PSB) denunciou na sessão da Câmara de Santos, do último dia 22, que a Companhia de Habitação da Baixada Santista – Cohab Santista virou um ‘cabidaço’ de emprego – repartição pública que serve para dar emprego aos protegidos de políticos. A Cohab Santista é uma autarquia municipal que desenvolve projetos habitacionais para a Cidade e Furtado é da bancada de sustentação do Governo Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

“Como eles (empregados) não têm o que fazer, não têm atividade, é muita gente, muito ‘aspone’ (assessor de nada) pendurado lá (Cohab), eles estão agora preocupados em aliciar funcionários da máquina pública, dos movimentos sociais que tenham ligação com o Governo. Aliciar para se filiarem a outros partidos, para que eles se apropriem desse partido. Foi o que fizeram com o meu partido, o Partido Socialista Brasileiro. Tem que ser feita uma investigação e estou preparando já, conversando com colegas (vereadores)”, disse Furtado na Casa, palavras que podem ser conferidas pelo site da Câmara.

Pelo levantamento realizado pelo Diário, o vereador estaria irritado com a recente filiação repentina de mais de 750 ­pessoas em seu partido, com objetivo de enfraquecer a direção da ­legenda em Santos, a qual Furtado ocupa a presidência. Na mesma sessão, se referindo à Presidência, Furtado revelou que pretende ­sugerir a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar a ­situação.

“Alguma coisa me diz que está cheirando a podre aquilo lá e eu não gosto muito de cheiro de podre. Farei o possível e impossível para que a gente faça uma investigação. Não adianta escamotear informações não porque o que eu estou pedindo oficialmente eu já sei, só quero que me deem oficialmente. Eu já sei quem está e quem não está. Eu conheço a história”, completou.

Requerimento

Em um requerimento ao prefeito, aprovado na própria sessão em que foi feita a denúncia (ver reprodução), Benedito Furtado solicita: relação dos servidores do quadro da Cohab; função que cada um exerce; níveis salariais; data de contratação e posse. E mais: relação de assessores da diretoria com atividades que desempenham, nível salarial e até relação de servidores oriundos de outros órgãos públicos e atividades por eles desenvolvidas.

Cohab

Procurada, a Cohab Santista, por intermédio da Assessoria de Imprensa, informa que atua há mais de 50 anos na região e conta com um quadro de funcionários ativos e essenciais para o desenvolvimento da política habitacional do Município. A autarquia finaliza revelando que desconhece qualquer movimento político-partidário e respeita a opção partidária de seus colaboradores.

Requerimento apresentado pelo vereador pede várias informações sobre funcionários da Cohab Santista (Foto: Reprodução)