Venda de bebidas alcoólicas é restringida até 20h em bares e restaurantes de Santos

Os restaurantes ainda terão que fechar às 22h, segundo o Plano São Paulo. As menidas foram anunciadas pelo prefeito Rogério Santos (PSDB)

Comentar
Compartilhar
18 JAN 2021Por Da Reportagem18h00
Além dos bares e restaurantes, os outros comércios deixam de funcionar por 12 horasFoto: Agência Brasil

Bares e restaurantes de Santos poderão vender bebidas alcoólicas somente até às 20h. Os restaurantes ainda terão que fechar às 22h, segundo o Plano São Paulo. As medidas foram anunciadas pelo prefeito Rogério Santos (PSDB).

"Nós tínhamos um outro decreto, em dezembro, prevendo a realidade do município, quando estávamos na fase verde. Mas, com o agravamento da pandemia, com o comportamento das pessoas se aglomerando nas ruas, bares, tomamos essa medida que segue o Plano São Paulo", disse o chefe da Administração Municipal, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (18).

Segundo Rogério, a medida visa impedir a progressão da doença nas próximas semanas.

"Estamos antecipando maior contaminação na nossa Cidade. Por isso, essa medida se faz necessária. Primeiro, a proteção de vidas, e segundo, também, das atividades econômicas. Visto que, se houver agravamento maior, e passarmos para a fase vermelha, prejudicará primeiro a saúde de todos, e segundo a economia da Cidade", afirmou.

O prefeito ainda informou que, nesta terça-feira (19), será realizada uma reunião com a força-tarefa para fortalecer a fiscalização nos estabelecimentos comerciais e na orla da Cidade.

Além dos bares e restaurantes, os outros comércios deixam de funcionar por 12 horas e passam a poder se manter abertos pelo período de 10 horas.