Variante delta do coronavírus é detectada em homem com sintomas leves em Cubatão

Secretaria de Saúde reafirma a importância da vacinação e do uso correto de máscaras e distanciamento

Comentar
Compartilhar
13 SET 2021Por Da Reportagem20h34
O resultado confirma a transmissão comunitária da variante pela Baixada SantistaO resultado confirma a transmissão comunitária da variante pela Baixada SantistaFoto: Agência Brasil

A Secretaria de Saúde de Cubatão informa a notificação de um caso positivo de covid-19 na cidade causado pela variante delta do coronavírus. O resultado foi recebido nesta segunda-feira (13). O caso se refere a um homem de 30 anos que realizou o teste PCR em 22 de agosto, quando iniciou a quarentena, já cumprida.

O paciente vive com a esposa e família, em um total de cinco pessoas, todas já vacinadas. Ele mesmo havia tomado a primeira dose em 8 de agosto e aguardava a passagem do intervalo para a segunda dose quando os sintomas apareceram. A esposa também sentiu sintomas respiratórios, mas o teste foi negativo.

BAIXA TRANSMISSÃO

O resultado confirma a transmissão comunitária da variante pela Baixada Santista, como já detectado em outros municípios da região. De acordo com o Serviço de Vigilância Epidemiológica (SVE), o paciente nem a família têm histórico recente de viagens internacionais ou interestaduais.

Apesar  da presença da variante, o índice de transmissão em Cubatão mantém-se baixo. O Programa de Testagem do município que vem sendo realizado aos sábados com mais de 250 testes por semana tem apresentado resultados positivos em menos de 1% do total. O índice de alerta sobre a transmissão é de 5% de testes positivos.

O índice de positivo menor que 1% dos testes semanais, realizados em pessoas sem sintomas, reforça o avanço da vacinação no município.

O mês de agosto foi o que registrou o maior número de doses aplicadas desde o início da campanha de imunização, com 35.030, o equivalente a 26,51% das 132.112 doses aplicadas contra covid-19 até 9 de setembro, à frente de julho e junho, com, respectivamente, 25.418 e 24.603 doses.

Já a ocupação de leitos de UTI por covid está com a média semanal de 29,59%, com 5 dos 14 Leitos ocupados nessa segunda-feira (13).

Em relação ao atendimento, o Pronto-Socorro Central tem realizado uma média de 41 coletas diárias para a realização de exames, média próxima a de agosto, com 37 coletas por dia.

Independentemente da variante, a Secretaria de Saúde ressalta que o mundo ainda se encontra em pandemia e que os cuidados seguem os mesmos, uso correto de máscaras, distanciamento social e a limpeza das mãos com água e sabão ou álcool em gel. Além da vacinação plena com duas doses ou dose única no caso da Janssen.