X
Cotidiano

'Vamos virar a página', diz Wesley Safadão após polêmica sobre pensão do filho com a ex-mulher

O cantor, que pagava dez salários mínimos para Mileide Mihaile, mãe de seu filho, Yhudy, de seis anos, queria diminuição do valor.

Wesley Safadão, 29, usou as redes sociais para comentar mais uma vez sobre a polêmica envolvendo a pensão do seu filho. / Facebook/Wesley Safadão

Wesley Safadão, 29, usou as redes sociais para comentar mais uma vez sobre a polêmica envolvendo a pensão do seu filho, Yhud, com a ex-mulher Mileide Mihaile. O cantor afirmou que nunca houve redução no valor da pensão do filho e que, agora, é preciso virar a página. 

"Nunca houve redução, e sim, o que eu estava querendo era uma revisão para que fosse formalizado na Justiça. Para que fosse colocado tudo no papel o que de fato já existia. Graça a Deus chegamos a um acordo. Foi um momento bem difícil, foram dias difíceis. Eu que creio em Deus, na palavra, desde quando tudo isso começou a aconteceu eu entreguei na mão de Deus. Agora, vamos virar a página", disse o cantor, em vídeo publicado em seu Insta Stories (ferramenta de compartilhamento de imagens que desaparecem em 24 horas). 

A ex-mulher de Wesley Safadão Mileide Mihaile afirmou, neste sábado (28), que estava em gratidão com Deus por lhe permitir viver lindos milagres. A declaração foi dada um dia depois da audiência de revisão de pensão pedida pelo cantor.

"Gratidão a Deus por permitir viver tantos lindos milagres, a minha família, meus seguidores e fãs, as minhas intercessoras espirituais, aos amigos, e a minha maior fonte de energia, força e resiliência; MEU FILHO!", escreveu Mihaile, em sua conta no Instagram. Durante a semana, ela afirmou a programas de TV que ele a traiu ao fim da relação e que teria pedido para reduzir o valor da pensão.

Os dois participaram de uma audiência na 12ª Vara de Família de Fortaleza nesta sexta (27) que durou cerca de seis horas. O cantor, que pagava dez salários mínimos para Mileide Mihaile, mãe de seu filho, Yhudy, de seis anos, queria diminuição do valor.

Segundo a assessoria do cantor, ficou definido que Wesley Safadão continuará dando a Mihaile o valor mensal que paga desde 2015. O pagamento não era oficial e agora, ainda de acordo com a assessoria do músico, foi oficializada e homologada pela juíza.

De acordo com o Diário do Nordeste, a Justiça determinou que o valor recebido pelo menino suba de R$ 9.000 para R$ 38 mil por mês. À Folha, Safadão diz se sentir injustiçado. "Procuro ser um pai com P maiúsculo, jamais deixaria faltar nada."

Safadão terá ainda de custear uma viagem internacional por ano para o filho, com direito a babá. O cantor se manifestou por meio de nota: "A conciliação foi feita pensando no bem-estar de Yhudy. Graças a Deus, tudo terminou bem, quero preservar a integridade emocional do meu filho e, nesse momento, só desejo que a paz volte a reinar!".

Safadão, que foi casado com Mihaile por oito anos, é comprometido hoje com Thyane Dantas, 27, com quem tem uma filha de três anos. Em fevereiro ele anunciou que está a espera do terceiro filho. "Os filhos são bênçãos de Deus. Estou agradecido", disse ele na ocasião.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PAT Guarujá oferece 19 vagas de emprego nesta terça-feira (26)

A população somente é atendida no local mediante agendamento prévio no site do Poupatempo

Visita monitorada ao Jardim Botânico de Santos ensina e incentiva compostagem

O evento integra a ampla programação da Semana Lixo Zero (SLZ), promovida pelo Instituto Lixo Zero Brasil

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software