SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

UPA Rodoviária adota visita virtual para levar conforto a familiares de internados

Medida é possível a partir da utilização de aparelho celular com acesso à internet disponibilizados gratuitamente na Unidade

Comentar
Compartilhar
20 JUL 2020Por Da Reportagem22h04
O objetivo da visita virtual é orientar o familiar, desde o momento da internação, alta ou até a transferência do paciente infectado para outra unidade de saúdeFoto: Divulgação/PMG

Para amenizar as saudades entre amigos e familiares de pacientes infectados que se encontram internados pelo novo coronavírus, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Doutor Matheus Santamaria – PAM Rodoviária (Santo Antônio) adotou a visita virtual. A medida já funciona desde a semana passada e, através dela, é possível ver ou conversar com o próprio paciente.

Por meio do uso de um aparelho celular e acesso à internet – ambos disponibilizados gratuitamente na UPA – é viabilizado o contato para obter informações sobre o estado de saúde do paciente, esteja ele em ala de enfermaria ou de suporte avançado. Tudo acontece em uma sala específica para esse atendimento, todos os dias, sempre às 16 horas, por ordem de chegada. 

O boletim virtual do internado é transmitido pelo whatsapp, com os recursos de chamada de vídeo ou áudio. Dependendo do estado de saúde do paciente, ele mesmo faz esse contato com o familiar pelo celular, onde conta com o auxílio de um profissional de saúde. O familiar ou amigo do internado recebe ainda orientações acerca dos procedimentos adotados, além de isolamento social, quarentena e prevenção. Já nos casos mais graves, as informações repassadas aos familiares acontecem de modo tradicional, em uma sala de acolhimento com o médico.

O objetivo da visita virtual é orientar o familiar, desde o momento da internação, alta ou até a transferência do paciente infectado para outra unidade de saúde. "Quando se testa positivo para coronavírus, há um grande impacto tanto ao paciente, quanto para quem o acompanha. O objetivo deste acolhimento mais humanizado é mostrar que o paciente infectado receberá plenos cuidados de nossa equipe médica e manterá contato com a família", explica o gestor da UPA, Márcio Adriano Marques.

Cada paciente possui um quadro clínico e, por isso, alguns podem conversar através de imagens, e para outros é possibilitada a troca de gravações de áudio. "É muito revelador o quanto esse contato pode ajudar na melhora do quadro geral da doença", explica Rita Luiza, coordenadora de Enfermagem da UPA.

Medida poderá ser ampliada para outras doenças infecciosas

A equipe do PAM Rodoviária estuda ainda estender as visitas virtuais para outras doenças infecciosas, que também requerem o isolamento total do internado, a exemplo da tuberculose. "Iremos adotar esse espaço humanizado para acolher os familiares em todas as ocasiões. E as visitas virtuais também serão adotadas quando forem necessárias", afirma Marcio Adriano. Vamos criar uma melhor realidade para as futuras gerações, finaliza o gestor.