X
Cotidiano

Unidades prisionais da região recebem 13 novos veículos para transporte de presos

Ao todo, foram investidos R$ 35,6 milhões; veículos serão distribuídos para todo o estado de São Paulo

A frota será distribuida entre as unidades da Baixada Santista / Eric Moura/SAP

A Baixada Santista recebeu da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) 13 novas viaturas, sendo 3 ambulâncias, para transporte de presos, nesta segunda-feira (19). A frota será distribuida entre as unidades masculinas e femininas de Praia Grande, São Vicente e Mongaguá.

Em todo Estado, serão disponibilizados carros para transporte de 6, 16 e 20 presos e ônibus para 44 presos, além de ambulâncias e caminhões de carga.

Foram investidos mais de R$ 35 milhões, sendo que R$ 30 milhões foram recursos do Governo Federal via Ministério da Justiça e Segurança Pública e R$ 5,6 milhões, do Tesouro Estadual.

Estes recursos se somam aos mais de R$ 67 milhões que vêm sendo investidos desde 2011 na renovação e ampliação da frota das 168 unidades prisionais.

Investimento

O quadro de funcionários também foi ampliado – foram nomeados, entre 2011 e 2017, mais de 7 mil agentes, sendo 5.039 agentes de segurança penitenciária (ASP) e 2.031 agentes de escola e vigilância penitenciária (AEVPs). Dos nomeados no ano passado, 845 estão em formação na Escola de Administração Penitenciária e irão em breve assumir seus postos nos presídios do estado. Outros 2.627 serão nomeados após a finalização dos concursos de ASPs e AEVPS que estão em andamento.

Unidades beneficiadas na região

- Penitenciária 1 de São Vicente
- Centro de Detenção Provisória (CDP) de Praia Grande
- Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente
- Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá
- Penitenciária Feminina de São Vicente (a inaugurar)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande

Golfinho é encontrado morto na orla de Praia Grande

Mamífero foi encontrado em avançado estado de decomposição por um pescador, que acionou as autoridades

Polícia

Câmera registra 1º caso de PMs de SP matando suspeito desarmado

Existem ainda outros dois casos semelhantes em andamento sendo analisados, mas ainda sem conclusão

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software