União Europeia dobra ajuda de emergência para lidar com imigrantes

O valor dos recursos destinados a lidar com o problema chega agora a 50 bilhões de euros

Comentar
Compartilhar
24 ABR 201514h56

A União Europeia vai dobrar os recursos de emergência para nações de fronteira como Itália, Grécia e Malta, que precisam lidar com um número massivo de imigrantes que cruzam o Mar Mediterrâneo em direção à região.

O valor dos recursos destinados a lidar com o problema chega agora a 50 bilhões de euros. Segundo a porta-voz da Comissão Europeia, Natasha Berthaud, "O total do fundo de emergência está dobrando" após a reunião de líderes europeus realizada ontem. Também ficou acordado que mais navios, aeronaves e equipamentos serão destinados para lidar com a situação no Mediterrâneo, onde cerca de 1300 pessoas já morreram nas últimas três semanas.

Os fundos serão usados em novos centros de recepção de imigrantes, equipes médicas e contratação de pessoal adicional para lidar com fluxo de pessoas que se arriscam a fazer a travessia.

Na reunião de ontem, dirigentes europeus também concordaram em triplicar para 9 milhões de euros o fundo destinado a patrulhar o Mediterrâneo.