“Um homem quando esta em paz não quer guerra com ninguém”

Homenagem de Mario Santos, do Espaço Garagem, ao vocalista Chorão, do Charlie Brown Jr

Comentar
Compartilhar
06 MAR 201318h30

Por Mario Santos*

Muitas vezes com punho de aço, outras com cabeça dura e, mais ainda, com o coração mole e solidário. Mediando entre o amaldiçoado e o canônico viveu como ícone indiscutível de várias gerações, e como um dos maiores destaques do celeiro de bandas que é nossa Baixada Santista. Não virou Deus porque partiu e nem diabo se ainda estivesse, explosivamente, expondo seus pontos de vista por aqui.

Era apenas um homem, um cara, um artista. Fez da sua arte sua vida e agradou quem gostou e desagradou outros. Aqui mesmo excomunguei suas palavras contra Champignon na última briga da Banda Charlie Brown Junior. Usei de suas palavras assim como as uso hoje para homenagear quem não vai partir para o sempre. Vai permanecer aqui, com suas músicas, atitudes solidárias ( que eram muitas ) e suas palavras musicais inflamadas. “Um homem quando esta em paz não quer guerra com ninguém”. Firmemos a Paz e que esteja você também em Paz Chorão.

Certa vez ouvi uma história de que ele estava numa pista de skate e chegou um moleque pobre, skate detonado, tênis fudido ( com perdão da palavra ) e o cara humilhou nas manobras. Chorão vendo aquilo emocionado não teve dúvidas. Deu-lhe seu skate e foi embora pra casa, chorando pelo caminho. E assim o era.

Grande, explosivo, frágil, solidário e achava que estava solitário. Não estava. Solitários ficamos nós, nesta quarta-feira ao amanhecer, e soubemos de você. “Eu segurei minhas lágrimas, pois não queria demonstrar a emoção. Já que estava ali só pra observar e aprender um pouco mais sobre a percepção.

Eles dizem que é impossível encontrar o amor, sem perder a razão, mas pra quem tem pensamento forte, o impossível é só questão de opinião. E disso os loucos sabem”. E você sabia Alexandre Abrão. Em suas próprias palavras você foi e sempre será o que se resumiu ser: ”Sou cantor, eu sou bondade, eu sou guerreiro, eu sou o irmão. O dom que Deus me deu eu dedico a vocês pra te fazer sorrir”. E fez.

(Foto: Divulgação)