Turistas movimentam R$ 93 milhões em festival Lollapalooza

Autódromo de Interlagos, local onde foi realizado o evento, foi considerado ótimo para 85% do público

Comentar
Compartilhar
30 MAR 201515h33

Um dos maiores festivais de música do país, o Lollapalooza movimentou o turismo em São Paulo este fim de semana. Mais da metade das 136 mil pessoas vieram de fora da capital paulista. De acordo com pesquisa realizada pelo Observatório de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo, núcleo de estudos e pesquisas da empresa municipal São Paulo Turismo (SPTuris), os turistas foram responsáveis por mais de R$ 93 milhões de movimentação econômica com gastos na cidade em hospedagem, alimentação e outros.

Outro grande atrativo para os visitantes foram os bares e baladas paulistanos: 73% dos jovens que assistiram às apresentações também aproveitaram para frequentar a vida noturna da metrópole.

Os turistas ficaram em média 2,3 dias na capital e gastaram cerca de R$ 1.659 no período, 176% a mais do que o registrado no último levantamento, feito em 2013. Já o gasto médio durante o evento foi de R$ 136. Além disso, a taxa de ocupação média dos hostels pesquisados para este final de semana foi de 95,5%.

Leia também: 

No Lollapalooza de atrações medianas, rapper reivindicou posto de novo rei do pop
Ótimas bandas se apresentaram no Lolla, mas altos preços ainda são limitadores

136 mil pessoas participaram do evento (Foto: Reprodução/Facebook)

Outro dado relevante foi a aprovação do público em relação ao local do evento: 85,3% disseram que o Autódromo de Interlagos é um ótimo local para o festival. O espaço foi reformado com repasse de R$ 160,8 milhões do Ministério do Turismo, em agosto de 2013. “O setor de eventos é uma das plataformas de aceleração do crescimento do Turismo”, diz o ministro Vinicius Lages.

De acordo com pesquisa Global Entertainment and Media Outlook 2014-2018, da consultoria PwC, o consumo de shows no Brasil deve crescer 39% até 2018, de forma a alcançar R$ 496 milhões. Se considerada a publicidade, o montante sobe para R$ 616 milhões.