Turista chilena é esfaqueada em tentativa de assalto no Rio de Janeiro

Este é o quinto caso semelhante registrado no centro e zona sul do Rio nos últimos cinco dias

Comentar
Compartilhar
22 MAI 201513h37

A turista chilena Isadora Ribas Carmona, 38 anos, foi esfaqueada na manhã de hoje (22), durante tentativa de assalto na Glória, zona sul da cidade. Atingida no pescoço, Carmona, que está hospedada na Lapa, centro do Rio, tomava sol na Praça Paris, quando o assaltante a abordou. Ela teria reagido, mas o criminoso fugiu levando seu aparelho de celular.Socorrida pelos bombeiros do Quartel do Catete, a chilena foi levada para o Hospital Souza Aguiar, onde está sendo medicada. Segundo fontes da Secretaria Municipal de Saúde, seu estado é estável. Ainda não há maiores detalhes sobre a tentativa de assalto. Policiais do 2º BPM estiveram no local e estão investigando.

Este é o quinto caso semelhante registrado no centro e zona sul do Rio nos últimos cinco dias. O mais grave envolveu o médico Jaime Gold, 57 anos, atacado na noite de terça-feira (19), na Lagoa, também na zona sul da cidade, um dos mais importantes cartões postais do Rio. O médico morreu na madrugada de quarta-feira (20), no Hospital Miguel Couto.

No domingo (17), a vietnamita Tran Vu Ha, 39 anos, foi esfaqueada na Lapa, centro da cidade. Na quarta-feira, Lorena Tristão, 31 anos, foi ferida com golpes de canivete nas pernas após assalto, em São Conrado, também na zona sul.

Na madrugada de hoje, na Praça Tiradentes, no centro, Rodrigo Feliciano Raimundo, 28 anos, foi preso após assaltar e ferir com uma faca um entregador de comida. Na delegacia, a polícia constatou que ele tinha várias passagens pela polícia e é um dos suspeitos de participação, em novembro de 2011, em troca de tiros entre policiais militares e traficantes, na Favela Antares, na zona norte, resultando na morte  do cinegrafista da TV Bandeirantes, Gelson Domingos.

 

LEIA TAMBÉM 

Assassinato de médico na Lagoa teria ocorrido em troca de turno de policiais

Polícia apreende adolescente suspeito de matar médico na Lagoa