Travessia Vicente de Carvalho / Praça da República ganha mais uma lancha nova

Governo do Estado coloca em operação o terceiro catamarã com capacidade para 370 passageiros e retira de serviço mais duas embarcações antigas

Comentar
Compartilhar
16 JAN 201412h42

Os passageiros que utilizam o serviço de travessia entre Vicente de Carvalho (Guarujá) e Praça da República (Santos) passam a contar, a partir de hoje, com mais uma lancha de passageiros: a LS-03 "Guará". Mantendo o mesmo padrão dos dois catamarãs entregues pelo Governador Geraldo Alckmin em 2013, a nova embarcação vem equipada com ar condicionado, poltronas com encosto de cabeça, sistema interno de televisão, câmeras de segurança, acesso para cadeirantes e bicicletário.

Construída integralmente em fibra especial, o casco duplo garante navegação com maior estabilidade. O desenho moderno e o uso de materiais de última geração proporcionam mais conforto e segurança para até 370 passageiros por viagem. As portas largas, rampas internas e entradas separadas facilitam o acesso de todos os tipos de usuários - pedestres, ciclistas e cadeirantes - e reduzem o tempo de embarque e desembarque.

Mais leve, a lancha opera com motores menores, mais silenciosos, que consomem menos combustível e são menos poluentes. Como a fibra é um material muito resistente à corrosão e de fácil reparação, a embarcação exige menos manutenção que suas antecessoras, feitas em aço.

A LS-03 foi construída em Belém (PA) e custou R$ 7,2 milhões. Ela é a terceira de quatro novas lanchas adquiridas pela DERSA para substituírem as antigas lanchas de aço e estabelecerem um novo padrão de serviço para a travessia de passageiros.

Os passageiros que utilizam o serviço de travessia entre Vicente de Carvalho e Santos passam a contar, a partir de hoje, com mais uma lancha de passageiros (Foto: Edson Lopes Jr)

Substituição das lanchas antigas

A partir da chegada das novas lanchas, a DERSA começou a retirada gradual das embarcações antigas. Em agosto de 2013, a lancha Cubatão (de 1978) saiu do serviço assim que a LS-02 entrou em operação.

Com a chegada da LS-03, sairão as lanchas Adhemar de Barros (de 1963) e Piaçaguera (1979). Além disso, os novos catamarãs passam a trabalhar também nos finais de semana, no lugar das lanchas que deixam a operação.

A entrega da quarta lancha está prevista para março. A renovação da frota não acarretará aumento da tarifa atual, que permanecerá em R$ 1,15 por viagem. O investimento total nos novos catamarãs é de R$ 26,8 milhões.

Uma média de 18 mil passageiros utilizam diariamente o serviço de travessia por lanchas entre a Praça da República e Vicente de Carvalho.