X
Cotidiano

Transporte público de Guarujá tem dois concorrentes

A empresa poderá explorar o serviços por 30 anos – 15 renováveis por mais 15 – em lote único

O prefeito Valter Suman (PSB) na assinatura do edital para concessão do serviço / Rodrigo Montaldi/DL

A Translitoral Transporte e Turismo e a City Transportes Urbanos foram as duas únicas empresas que, no último dia 6, apresentaram documentação de habilitação e proposta comercial para assumir o transporte público de passageiros em Guarujá. “Essa documentação, agora, está sob análise da comissão de licitação e, somente depois a classificação das empresas ser publicada no Diário Oficial, será aberto prazo para recurso”, informou a Prefeitura.

A Administração revela que, no atual contrato, considerado irregular tanto pela Prefeitura como pelo Ministério Público (MP) estava defasado e não permite o equilíbrio econômico-financeiro, o que gerou o sucateamento do atual sistema. A  Prefeitura acredita que haverá a necessidade de se conceder aumento no valor da tarifa. “Ainda não há estudos definitivos que apontem o valor final. Acreditamos que o valor da tarifa para o modelo praticado atualmente fique entre R$ 3,70 e R$ 4,10”, conclui.

Meses atrás, após a assinatura do edital para concessão do serviço (foto), o prefeito Valter Suman (PSB) disse que além do novo sistema Bus Rapid Transit (BRT), com capacidade de 12 mil lugares – atualmente são oferecidos 7 mil – o Município será contemplado com a reforma dos dois terminais (Ferry Boat e Vicente de Carvalho); implantação de duas estações de embarque (Enseada e Morrinhos); melhorias no sistema viário e até 15 estações com capacidade total para 270 bicicletas.

A empresa poderá explorar o serviços por 30 anos – 15 renováveis por mais 15 – em lote único. O investimento total será de R$ 197 milhões. Serão 25 ônibus articulados; 40 tipo padrão; 55 micro-ônibus e mais seis outros veículos de suporte, sendo três vans adaptadas. Os 126 novos veículos também possuirão ar-condicionado e Wi-Fi.

O sistema de controle e fiscalização permitirá acompanhamento do itinerário, reduzindo o tempo de espera nos pontos de parada, que serão reformulados para dar mais conforto de embarque e desembarque, inclusive para cadeirantes. Haverá, ainda, uma linha executiva e turística. O sistema BRT integrará a frota, com linhas estruturais, locais (pequenos deslocamentos e tarifas reduzidas) e complementares. O edital prevê a adoção de cartão transporte, mas dinheiro será aceito com possibilidade de volta de cobradores.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

Câmara Temática de Segurança se reúne para discutir projetos metropolitanos

Encontro reúne autoridades dos nove municípios que compõem a Região Metropolitana da Baixada Santista, com o objetivo implementar ações de interesse regional voltadas à segurança pública

Saúde

Brasil chega a 62,03% da população com vacinação completa contra a covid-19

O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose contra a covid-19 no Brasil chegou nesta sexta-feira, 26, a 158.650 689

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software