Trânsito continua complicado em Santos

Congestionamentos se repetiram nos principais acessos à Cidade e avenidas próximas ao Porto

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201315h30

Os principais acessos a Santos e avenidas perto do Porto enfrentaram ontem mais um dia de intenso tráfego de caminhões, repetindo os transtornos registrados na terça-feira (7). Um dos locais mais problemáticos foi o viaduto de acesso à Alemoa, no fim da Via Anchieta. As duas pistas eram ocupadas quase que exclusivamente por caminhões.

O acesso ao viaduto também interferiu no cotidiano de quem queria chegar a Santos. Nas três faixas da Anchieta, próximas ao viaduto, as duas da esquerda estavam repletas de caminhões. Carros de passeio contavam apenas com a terceira faixa, a da direita. A velocidade dos veículos, no fim da manhã e no começo da tarde, era baixa.

A Avenida Mario Covas (ex-Portuária) teve mais um dia de intenso tráfego, principalmente na pista sentido Centro. Caminhões tomavam toda a pista da direita, não apenas nas entradas dos principais terminais.

Alemoa - Um dos locais mais problemáticos (Foto: Luiz Torres/ DL)

Espera longa
Anderson Pereira trazia em seu caminhão soja desde Nova Mutum, em Mato Grosso. Ele disse que estava parado na Avenida Mario Covas desde as 6 horas de terça-feira e, apesar de reclamar da longa espera, afirmou já ter esperado mais tempo para descarregar. “Saí do Mato Grosso sábado à noite”, contou, sobre a viagem desta quarta-feira (6).

Renato Santela, que também trazia soja (de Tabapuã, SP), reclamava da falta de estrutura. “É muito difícil encontrar banheiro”.