CAMPANHA DE 1 A 11

Transações: Bolsonaro diz que PIX trará mais agilidade e menos custos ao cidadão

O novo tipo de pagamento eletrônico promete ser mais rápido e prático que DOC, TED ou boleto

Comentar
Compartilhar
24 FEV 2020Por Estadão Conteúdo19h30
Bolsonaro passa o Carnaval em Guarujá; na tarde desta segunda-feira (24), ele passeou de motoFoto: Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que o PIX - meio de pagamento eletrônico que promete ser mais rápido e prático que as transações feitas via DOC, TED ou boleto bancário - lançado pelo Banco Central, vai trazer mais agilidade e menos custos ao cidadão.

"Com o PIX, o brasileiro terá mais uma alternativa para efetuar transações, além dos modelos tradicionais já existentes. Pagamentos e transferências instantâneas serão realidade no Brasil", disse, em uma publicação na sua conta oficial do Twitter, na manhã desta segunda-feira (24). 

Bolsonaro passa o feriado de Carnaval no Forte dos Andradas, em Guarujá. 

O PIX foi lançado pelo Banco Central na última quarta-feira, 19 e será disponibilizado pelas instituições financeiras a partir de 16 de novembro. 

"(O sistema) vai permitir o envio e o recebimento de quantias de forma rápida, inclusive em smartphones. O dia e a hora da transação não importarão, nem se o solicitante e o recebedor da operação têm conta no mesmo banco", escreveu o presidente.