Tráfego intenso na volta à Capital

Dos 514 mil veículos que desceram para o litoral, mais de 400 mil já retornaram; o sistema registrou 364 acidentes com 246 vítimas, uma pessoa morreu

Comentar
Compartilhar
03 MAR 201300h41

O Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) registrou movimento intenso, no retorno à Capital, na manhã desta Quarta-feira de Cinzas, mas sem registro de congestionamentos, nem pontos de lentidão. De acordo com a Ecovias, cerca de cinco mil veículos trafegavam por hora, pelo SAI.

Para a operação subida, a Ecovias implantou o esquema 4x6, com subida à São Paulo pelas pistas norte e sul da Rodovia dos Imigrantes e descida para o litoral pelas pistas norte e sul da Via Anchieta.

Conforme contagem da Ecovias, 514 mil veículos vieram para a Baixada Santista, neste feriado prolongado de Carnaval — um recorde de movimentação desde que a Ecovias assumiu a concessão do sistema, há nove anos. Destes, 448 mil veículos já haviam subido a serra. A contagem começou a 0 hora do  dia 15 e encerrou às 23h59 de terça-feira. O movimento este ano, no Carnaval, foi 3,6% maior que o de 2006, no SAI.

À tarde, o sistema passou a operar no esquema 7x3, com descida pelas duas pistas da via Anchieta e pela pista sul da rodovia dos Imigrantes. Durante o Carnaval foram registrados 364 acidentes, sendo 149 com vítimas. De um total de 246 vítimas, 226 pessoas tiveram ferimentos leves, 19 ficaram em estado grave e uma morreu.

Acidentes

Balanço do feriado de Carnaval realizado pela Secretaria de Estado dos Transportes, entre os dias 16 e 21, aponta uma queda de 22,2% no número de vítimas fatais nas rodovias paulistas. Foram registradas 42 mortes neste  feriado  prolongado,  contra 54 no mesmo período do ano anterior.    

O total de acidentes apresentou um aumento de 8,5%, passando de 1.275 ocorrências em 2006 para 1.384 este ano. O balanço também mostrou um acréscimo no número de vítimas feridas, sendo 933 contra 778, no ano passado, o que representa um aumento de 19,9%.