Trabalho de remoção na rodovia Mogi-Bertioga continua hoje

Sem previsão de términos dos trabalhos, a pista da SP-98 permanecerá interditada até a próxima semana; não há vítimas

Comentar
Compartilhar
03 FEV 201322h01

Equipes da Defesa Civil de Bertioga e da empresa S.A. Paulista contratada pela Defesa Civil do Estado retomam às 7 horas de hoje o trabalho de remoção do material oriundo do deslizamento de terra que invadiu a pista da rodovia Mogi-Bertioga (SP-98). O deslizamento ocorreu na última terça-feira, por volta das 20 horas, no Km 89,1.

Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que a pista deverá permanecer interditada até a próxima semana. A liberação da pista ocorrerá após a avaliação do local.

Desde ontem, o trecho está sinalizado e funcionários da Unidade Básica de Atendimento (UBA) orientavam motoristas que trafegavam pelo local.

De acordo com o chefe de seção da Guarda Civil de Bertioga responsável pela Defesa Civil, Plínio Aguiar, o deslizamento tomou 300 metros da pista e até ontem nenhuma vítima ou veículo haviam sido encontrados durante a remoção da terra. Mas, Plínio afirmou que as equipes não descartam a possibilidade de encontrar vítimas.

Segundo Plínio, apesar do volume de terra não havia risco de novos deslizamentos no local no dia de ontem. “Nós estamos trabalhando com três retroescavadeiras e dois caminhões de coleta do material, em parceria com a equipe da empresa S.A. Paulista contratada pela Defesa Civil do Estado”.

Plínio disse que aparentemente não houve danos à pista. As equipes trabalham das 7 às 18 horas. Os trabalhos são interrompidos durante a noite por uma questão de segurança.

Segundo informações da Polícia Rodoviária, motoristas que estavam na rodovia Mogi-Bertioga tiveram que trafegar mais 100 km até o Sistema Anchieta-Imigrantes ou até a rodovia dos Tamoios.

Alternativas de tráfego

Os motoristas que seguem de Mogi das Cruzes sentido litoral paulista, devem acessar as rodovias Anchieta e Imigrantes ou a rodovia dos Tamoios. De Bertioga para Mogi das Cruzes o usuário deve utilizar a rodovia dos Imigrantes.

Segundo a Ecovias, empresa que administra o sistema Anchieta Imigrantes, a interdição da rodovia Mogi-Bertioga não afetou o tráfego no sistema. O tráfego era normal ao longo do dia, sem aumento do volume de veículos.

A assessoria de imprensa da Ecovias informou que subiam a serra uma média de 2.300 veículos por hora, e desciam para o litoral, cerca de 2 mil, o que é considerado um movimento normal pela concessionária.

Serviço

Usuários podem obter mais informações pelo telefone 0800-0555510 do DER.