Terreno é preparado para a construção do Cecon do Morro Santa Maria

A prefeitura iniciou há 15 dias a preparação do terreno onde será erguido um Centro de Convivência com recursos de R$ 320 mil, obtidos com a venda de convites do Baile Oficial da Cidade

Comentar
Compartilhar
03 ABR 201420h13

Um sonho da comunidade do Morro Santa Maria começa a ser concretizado. A prefeitura iniciou há 15 dias a preparação do terreno onde será erguido um Cecon (Centro de Convivência) com recursos de R$ 320 mil, obtidos com a venda de convites do Baile Oficial da Cidade, no 468º aniversário de Santos.

Na área, localizada na rua 1 s/nº, são realizados serviços de limpeza e terraplanagem, além de drenagem e impermeabilização da encosta, para evitar escorregamentos. Os trabalhos estão a cargo da empresa Muriaé, também responsável pela construção do prédio, sob supervisão da Seserp (Secretaria de Serviços Públicos). Equipe da Regional dos Morros, ligada à pasta, faz o desmonte do bloco rochoso existente. Esta etapa termina até o fim do mês e, após, tem início a edificação do imóvel.

Nesta quinta-feira (3), os serviços foram conferidos pela presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria Ignez Barbosa. “É o início de um sonho e o resultado da solidariedade das pessoas que prestigiaram o baile, em prol da construção de um equipamento que vai atender famílias carentes, para a melhoria de suas vidas”, disse.

Famílias

A obra está prevista para ficar pronta em agosto. Ali, segundo a Secretaria de Assistência Social, média de 320 famílias serão atendidas por equipe multiprofissional, em um trabalho de convivência, fortalecimento de vínculos e prevenção de situações de vulnerabilidade e risco social.

Com projeto arquitetônico da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, o novo equipamento social terá cerca de 200m², com dois pavimentos. O térreo será destinado à recepção, sala de espera, sanitários acessíveis e duas salas para atividades de grupos e oficinas. Já o pavimento superior terá duas salas de atendimento, área administrativa, copa e cozinha para funcionários e sanitários. Em uma segunda etapa será construída, na mesma área, uma USF (Unidade de Saúde da Família).