Tempo de espera para poda de árvores é reduzido em Santos

Cidade diminuiu prazo para execução do serviço de 241 para 169 dias

Comentar
Compartilhar
09 OUT 2019Por Da Reportagem08h00
Até agosto deste ano, foi registrada média de 500 árvores podadas por mêsFoto: Divulgação/PMS

A Prefeitura de Santos conseguiu reduzir o tempo de espera para poda de árvores de 241 para 169 dias. Quando anunciou um pacote de medidas para melhorar o serviço de arborização da cidade, em setembro de 2018, a redução do prazo para poda era uma das prioridades. Na época, a meta da Administração Municipal era diminuir para 170 (30%) até setembro de 2019.

Para 2020, a expectativa é reduzir esse tempo para 120 dias ou em um prazo ainda menor. De acordo com a Prefeitura, o período será pactuado até dezembro, na Participação Direta nos Resultados (PDR) de 2020.

Até agosto deste ano, foi registrada média de 500 árvores podadas por mês, totalizando cerca de quatro mil podas. Os bairros de maior demanda são Embaré, Aparecida e Ponta da Praia.

A poda de árvores é um dos serviços que mais gera reclamações na Ouvidoria. Só este ano, o órgão já recebeu 1.993 pedidos de poda, além de 275 de remoção.

Quanto ao plantio de novas vegetações, a Prefeitura afirma que neste ano já foram plantadas 1.520 árvores em diversos bairros de Santos.

"A Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) conta com uma equipe que trabalha diariamente na realização da poda de árvores. Está em andamento licitação para novo contrato do serviço de poda, que agregará cinco equipes aos profissionais da Seserp, com previsão de conclusão até o fim do ano. A expectativa é que, depois de assumir, a nova empresa zere a demanda reprimida", finaliza.

Colunas

Contraponto