Tempestade de neve provoca cancelamento de mais de mil voos nos EUA

A região de Chicago deverá registrar até 2,5 centímetros de neve durante uma hora do horário de pico à noite, afirmou o Serviço Nacional de Meteorologia

Comentar
Compartilhar
05 MAR 201314h04

 Uma forte tempestade de inverno no norte dos Estados Unidos provocou o cancelamento de 1.100 voos, o fechamento de centenas de escolas e tornou estradas intransitáveis. Mais de uma dúzia de Estados, do Minnesota à Virgínia, estão no caminho da tempestade, que já provocou até 60 centímetros de neve em Montana e 38 centímetros em Dakota do Norte.

A região de Chicago deverá registrar até 2,5 centímetros de neve durante uma hora do horário de pico à noite, afirmou o Serviço Nacional de Meteorologia. Centenas de limpas-neve estavam em operação nas estradas e rodovias da Chicago, mas com até 25 centímetros de neve esperados, não havia nenhuma maneira de continuarem os serviços "Grandes quantidades de neve deverão tornar as viagens perigosas", alertou a agência meteorológica. "Considere viajar apenas em caso de uma emergência."

Cerca de 800 voos foram cancelados no aeroporto O'Hare de Chicago - um importante centro de transporte aéreo -, enquanto outros 240 foram cancelados em Chicago Midway. Mais de 100 voos foram cancelados em Minneapolis, Minnesota, de acordo com FlightAware. As autoridades locais recomendavam à população que checassem a situação de seus voos antes de seguirem para os aeroportos que atendem a cidade.

A tempestade deverá atingir Washington na noite de hoje, ou na manhã de quarta-feira, e algumas reuniões no Congresso, já foram canceladas. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.