Surfistas de Guarujá participam de palestra sobre HIV

A roda de conversas teve como foco os surfistas da Organização Não Governamental (ONG) CT Lugar Ao Sol

Comentar
Compartilhar
13 MAR 201510h20

Visando a conscientização dos jovens em relação as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), a Prefeitura de Guarujá realizou, na última sexta-feira (6), a palestra “Falando de sexo e HIV”. A roda de conversas integrou a programação do Mês da Mulher e aconteceu no Núcleo de Educação Ambiental, localizado na Praia do Tombo – Bandeira Azul. A atividade foi direcionada aos surfistas da Organização Não Governamental (ONG) CT Lugar Ao Sol.

Conscientizar os jovens sobre a importância do uso de preservativos e alertar aos perigos causados pelas doenças, além dos métodos de prevenção, foram os principais pontos abordados durante a palestra.

Segundo a assessora de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura, Eugenia Lisboa, a saúde é o ponto principal da atividade. “É uma maneira de expandir o conhecimento dos jovens em relação a esse assunto delicado. Com isso, mostramos também a nossa preocupação com a prevenção deles, pois a saúde dos jovens é o que move a ação.”

No local, também foram distribuídos preservativos masculinos e femininos, além de esclarecimento das dúvidas dos participantes. “É importante esse tipo de palestra pois ajuda a divulgar e incentivar os jovens na prevenção de doenças e o local para pedir ajuda. Confesso que não conhecia o teste rápido e também outras doenças sexualmente transmissíveis, como as hepatites”, disse a surfista, Stephanie Frumento, de 17 anos.

Para o surfista e atleta da ONG CT Lugar Ao Sol, Pedro Miguel Cordeiro, de 20 anos, quanto mais conhecer o assunto, mais fácil de se previnir. “Compareci a palestra para ter mais conhecimento do assunto, e percebi que todos estão vulneráveis e podem pegar todo tipo de DST. Por isso devemos nos cuidar cada vez mais."

A palestra “Falando de sexo e HIV” foi realizada entre vários órgãos da Prefeitura, a Assessoria de Políticas Públicas para Juventude e a Assessoria de Políticas Públicas para Mulheres, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, além da ONG CT Lugar ao Sol.