Superaquecimento em esteira causa princípio de incêndio na Bunge

O superaquecimento de um equipamento provocou um princípio de incêndio em uma esteira de recebimento de trigo da Bunge Alimentos, por volta das 10h30 de ontem

Comentar
Compartilhar
13 JAN 201321h08

O incidente ocorreu no sétimo andar do edifício localizado na Rua Xavier da Silveira, esquina com a Rua Dr. Eduardo Ferreira, no bairro Paquetá, região portuária do Centro Histórico de Santos. Ninguém ficou ferido.

“Houve um princípio de incêndio em uma correia transportadora na área de recebimento de trigo, que foi controlado pelo Corpo de Bombeiros em 15 minutos”, informou o gerente da Bunge, Delvo Zandonai.

De acordo com Delvo, a fumaça da queima da borracha da correia assustou mais do que o fogo em si. Delvo disse ainda que a esteira não operava no momento do incêndio. “Não estávamos recebendo trigo naquele momento. A esteira estava parada”.

Delvo disse que o acidente não afetou as operações durante o dia de ontem. As causas do princípio de incêndio estão sendo investigadas pela empresa. Aproximadamente, 150 funcionários trabalhavam na empresa, na ocasião do acidente. Após o rescaldo, os bombeiros deixaram o local, mas uma viatura da Polícia Militar permaneceu na entrada do edifício até o início da tarde.