Governo do SP educacao
Governo do SP educacao mob

Sindicato do Comércio Varejista pede flexibilização da quarentena na Baixada Santista

Entidade vem apresentando propostas envolvendo um processo de reabertura segura e cautelosa desde 8 de abril

Comentar
Compartilhar
22 ABR 2020Por Da Reportagem16h00
A flexibilização da quarentena é algo que o Sindicato vem defendendo desde a extensão do primeiro prazo de conclusão do afastamentoFoto: Nair Bueno/DL

O Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista (SincomércioBS), entidade que representa a classe empresarial nas nove Cidades da região, apoia as decisões das Prefeituras de Praia Grande, São Vicente e Guarujá no que diz respeito à reabertura cautelosa – seguindo todas as prevenções de saúde determinadas por órgãos oficiais – de lojas e estabelecimentos comerciais.

A flexibilização da quarentena nesses e em outros municípios locais é algo que o Sindicato vem defendendo desde a extensão do primeiro prazo de conclusão do afastamento, estipulado para encerrar-se em 8 de abril, pelo Governo do Estado de São Paulo. O SincomércioBS acredita que, ao impor restrições como número máximo de clientes permitidos na loja ao mesmo tempo, máscaras de proteção para funcionários e outras medidas preventivas, a economia regional terá uma melhor chance de sobreviver aos impactos causados pelo novo coronavírus (Covid-19).

Ao dar voz aos pedidos de inúmeros empresários, comerciantes, lojistas e vendedores dessas Cidades, as Prefeituras estão garantido a preservação de empregos, de qualidade de vida e do varejo tão rico e característico da Baixada Santista. “Estamos lutando para que esses comércios tenham a oportunidade de oferecer seus produtos, seus serviços, de maneira segura. De jeito nenhum apoiaríamos qualquer ação contra o bem-estar dos moradores e das comunidades da nossa região”, afirma o presidente do Sindicato, Omar Abdul Assaf.

Mais informações sobre os estabelecimentos com permissão para funcionar estão disponíveis nos sites das Prefeituras Municipais de cada Cidade. Já o SincomércioBS continua prestando atendimento por meio dos telefones: (13) 2101-2868 e (13) 2101-2876.