Cotidiano

Sindicato decide adiar greve do Metrô de SP e linhas funcionam normalmente

Segundo eles, parte das reivindicações da categoria foram atendidas

Da Reportagem

Publicado em 21/05/2024 às 20:20

Atualizado em 21/05/2024 às 23:20

Comentar:

Compartilhe:

Segundo eles, parte das reivindicações da categoria foram atendidas / Fernando Frazão/Agência Brasil

O Sindicato dos Metroviários decidiu adiar, em assembléia na noite desta terça-feira (21), a greve do Metrô de São Paulo que poderia acontecer nesta quarta-feira (22). Assim, não haverá pausa na operação das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata.

Os Metroviários anunciaram, durante a reunião, que houve avanços nas negociações entre os trabalhadores e a administração do Metrô. Segundo eles, parte das reivindicações da categoria foram atendidas.

Durante a votação, a maioria dos trabalhadores optou por manter o estado de greve, o que inclui a realização de protestos, o trabalho sem uniformes e a distribuição de cartas abertas à população, enquanto o serviço continua a ser prestado de forma regular.

Reivindicações

As reivindicações são aumento salarial de 2,77% (proposto pelo Metrô na negociação mais recente), recontratação dos demitidos na última paralisação e abertura de concursos públicos para novas admissões.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Bertioga

Com custeio do Estado, Hospital de Bertioga atenderá todo Litoral de SP

Governador visitou as obras do novo complexo hospitalar e confirmou o compromisso do governo estadual

Esportes

De volta ao Santos? Danilo explica suas prioridades no futebol brasileiro

Jogador é capitão da Seleção Brasileira e defende as cores da Juventus (ITA)

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter