Simpósio abordará meios de combate à violência contra o idoso

Evento será realizado no dia 16, segunda-feira, em Cubatão

Comentar
Compartilhar
12 JUN 201411h33

Prevenção. Esse é o objetivo do 1º Simpósio Municipal de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, a realizar-se no próximo dia 16, a partir das 13 horas, no anfiteatro da Câmara de Cubatão, na Praça dos Emancipadores, s/nº, Centro. Estão previstas duas palestras, sendo os temas e os respectivos palestrantes: Rede de Atendimento à Pessoa Idosa, pela assistente social do Centro de Referência do Idoso da Prefeitura, Neide Araújo de Almeida, e Violência contra a Pessoa Idosa, a cargo da médica do Departamento de Vigilância à Saúde Maria Alice Sobral de Oliveira. Na oportunidade, haverá ainda apresentações do Coral Raízes da Serra, regido por Sandra Diogo Moço, e do Grupo de Coreografia da Terceira Idade.

As informações são do Diretor de Políticas para o Idoso, Antonio Cantalice. Segundo ressaltou, o Dia Municipal de Conscientização e Combate à Violência contra a Pessoa Idosa (15º dia de junho) é objeto da Lei Municipal 3.491, de 29 de novembro de 2011, de autoria do vereador Aguinaldo Alves de Araújo. "A data é muito importante para a reflexão de toda a sociedade, referente ao combate à violência contra a pessoa idosa, que tanto necessita do respeito e da dedicação de toda a população", frisou. A promoção é da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), via Departamento de Poilíticas Públicas para o Idoso, em parceria com o Conselho Municipal do Idoso.

Objetivo do 1º Simpósio Municipal de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa é a prevenção (Foto: Matheus Tagé/DL)

Denúncias

"O ato não se restringe ao evento, em cada lar, os familiares (de quem tem 60 anos ou mais) devem estar atentos a qualquer sinal de agressão física ou psicológica que a pessoa idosa possa estar sofrendo e denunciar às autoridades competentes", salientou. Disse que nesse caso, são os órgãos aos quais a violência deve ser denunciada: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, por meio do Dique 100; Conselho Municipal do Idoso, (13) 3372-4836 e Ouvidoria Municipal, 0800 7726451.