X

Cotidiano

Sete empresas disputam a revitalização da Praça da Independência

A obra será executada com sobra de recursos estaduais do convênio Eixo Turístico do Gonzaga (2012), no valor de R$ 1,06 milhão

Da Reportagem

Publicado em 11/10/2018 às 09:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Praça da Independência vai ser reurbanizada / Divulgação/PMS

A Praça da Independência vai ser reurbanizada. O projeto prevê a substituição de parte do piso em mosaico português, que apresenta problemas, por novas peças, obedecendo-se os mesmos padrões de formato, tamanho e cor. A obra será executada com sobra de recursos estaduais do convênio Eixo Turístico do Gonzaga (2012), no valor de R$ 1,06 milhão.

O certame para definir a empreiteira que fará a obra, incluindo mão de obra, materiais e equipamentos, conta com sete empresas classificadas, nesta ordem: Starsan Construtora, Spalla Engenharia, MR Construtora, Comandaí Engenharia, Pavisan Construções, TMK Engenharia e Ideal Terraplenagem. A próxima etapa será a abertura dos envelopes de habilitação.

A Praça terá o pavimento reforçado por ser espaço de comemorações, a exemplo da obra executada na Praça Mauá. Considerando a divisão do local em três setores, no anel externo o piso receberá base em concreto armado, por baixo do mosaico. No anel interno, o mosaico será assentado sobre concreto simples e, no entorno do monumento dos Andradas, em cima de areia grossa.

Paisagismo

Haverá plantio de cinco novas palmeiras imperiais e uma será substituída. Está prevista a recomposição do gramado, com instalação de grades para proteger as palmeiras, no entorno da ciclovia. A Praça da Independência contará com 24 novas luminárias LED para piso, ao redor das palmeiras, e tachas refletivas para delimitar a área ocupada pela ciclovia, auxiliando na sua iluminação.

A obra contempla ainda a limpeza de galerias de drenagem, por sistema de hidrojateamento, novos tubos para drenagem, guias pré-moldadas de concreto e grelhas em concreto e ferro fundido, além de execução de caixas coletoras em concreto armado. Os serviços deverão ser executados em seis meses.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

De algoz a novo reforço? Santos quer Breno Lopes para jogar a Série B

Jogador marcou o gol da vitória alviverde na Libertadores de 2020

Esportes

Vasco busca detalhes sobre João Schmidt

Volante foi um dos destaques do Campeonato Paulista

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter