Sesurb vai mapear ‘sujeira’ de Praia Grande

Ideia é identificar pontos críticos usados para descarte irregular de lixo e entulho.

Comentar
Compartilhar
18 JAN 201317h06

A reclamação dos moradores sobre o acúmulo de lixo nas ruas e terrenos da Cidade é uma das principais preocupações do prefeito Alberto Mourão. Por isso, o tema foi amplamente abordado em uma reunião com chefes de setores da Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb), na quinta-feira (17), na sede da pasta, no Bairro Boqueirão. As obras executadas por concessionárias também foram discutidas.

O serviço da Sesurb está diretamente ligado à limpeza da Cidade, desde a areia das praias até o descarte irregular nos terrenos e calçadas. É por meio da secretaria que são executadas as manutenções destes espaços. Por isso, o prefeito pediu atenção aos funcionários da Secretaria. “Quero mapear as áreas sujas do Município para saber onde as ações precisam ser mais enérgicas e urgentes”, disse.

Nas praias, Mourão disse que vai procurar tecnologias para facilitar a limpeza da areia e calçadões, para que o serviço possa ser efetuado de maneira mais rápida e prática. Uma das soluções seria o uso de equipamento específico para peneirar a areia e remover pequenas sujeiras como canudos, palitos de sorvete e bitucas de cigarro. “Também quero contar com o apoio dos ambulantes que atuam na praia. Eles são imprescindíveis para divulgar propostas de redução do lixo na orla junto aos banhistas”, destacou.

O serviço da Sesurb está diretamente ligado à limpeza da Cidade. (Foto: Divulgação)

Os transtornos gerados pelas obras efetuadas por empresas terceirizadas de manutenção de redes de esgoto e elétrica foi outro tema abordado. O prefeito disse que vai recorrer, se preciso, junto à Justiça para obrigar as empresas a realizarem um trabalho de qualidade para que a Administração não precise refazer o serviço posteriormente. “O cidadão de Praia Grande não pode mais sofrer com buracos deixados nas ruas pelos péssimos serviços destas concessionárias. Também não podemos deixar que o serviço seja efetuado de qualquer jeito”, ressaltou.

Interação 

“Muitas vezes o problema do cidadão praiagrandense não está ligado a uma secretaria específica, mas sim ao serviço de duas ou mais pastas”. A frase do prefeito trata de uma questão burocrática que interfere na vida do morador.

Em busca de melhorar o atendimento aos moradores, Mourão sugeriu que a Sesurb possa atuar em parceria com outras secretarias, como por exemplo a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), na questão do descarte de matérias recicláveis, por meio de pontos de coleta, como o Eco Ponto instalado no bairro Aviação. Ou em parceria com a Secretaria de Saúde Pública (Sesap), aproveitando o trabalho dos agentes de saúde para levar informações diretamente aos moradores sobre a coleta de materiais inservíveis.

Sugestões

Em meio aos assuntos tratados durante o encontro, o prefeito lembrou que a Administração quer ouvir sugestões de funcionários. “Muitas vezes o servidor tem uma solução simples para otimizar o trabalho diário. Precisamos aproveitar todas as ideias que resultem no melhor atendimento à população”, destacou.