Servidores de saúde em São Vicente terminam paralisação

Horas extras que estavam atrasadas foram depositadas nesta sexta-feira. A expectativa é que ainda outros problemas sejam resolvidos.

Comentar
Compartilhar
24 NOV 201211h35

Terminou na madrugada deste sábado (24), a paralisação de 24 horas dos servidores municipais da saúde de São Vicente. A categoria continuará em estado permanente de alerta mesmo após do fim da greve.

Durante uma assembleia na noite desta sexta-feira (23), na sede do Sindicato dos Servidores Municipais de São Vicente, a decisão de dar fim a greve foi tomada. As horas extras que estavam atrasadas também foram depositadas nesta sexta-feira.

Segundo o sindicato da categoria, o pagamento do vale alimentação está previsto para a semana que vem, no dia 27 de novembro. Uma melhoria no vale transporte também foi solicitada e os funcionários pedem que ele seja válido também para ônibus, já que atualmente eles recebem o benefício somente para as peruas de lotação.

Funcionários e população reclamaram de falta de mão de obra para trabalhar e de material durante todo o dia da greve. A Prefeitura alega que a falta de material foi um caso isolado, e que não havia recebido reclamações sobre o assunto.

Em relação a falta de funcionários, a Prefeitura disse que isso é um problema da saúde em todo o país, e não só em São Vicente. A expectativa é que ainda outros problemas sejam resolvidos.

Categoria continua em estado permanente de alerta. (Foto: Matheus Tagé/DL)