Servidores de Guarujá participam de workshop sobre controladoria

Funcionários de diferentes setores conheceram a história, o papel e as principais atividades do controle interno

Comentar
Compartilhar
27 FEV 201316h18

Funcionários de vários setores da Prefeitura de Guarujá participaram de um workshop sobre controladoria interna na última segunda-feira (25). A atividade foi um dos eventos que acontecerão durante o ano na Escola de Governo e Gestão Pública da rede municipal, com o objetivo de capacitar os servidores públicos.

O workshop “A importância do controle na administração pública” foi dividido em duas partes. Na primeira, ministrada pelo controlador geral do Município, Zaqueu Elias da Silva Ferreira, a pauta foi a história do controle na administração pública, o motivo da sua existência e as mudanças que essa ferramenta passou ao longo dos anos. Servidores da Cultura, Finanças, Meio Ambiente e outros setores participaram. “A Controladoria se relaciona com todos os setores, por isso é importante que todos conheçam a função dessa ferramenta”, ressaltou Zaqueu.

A segunda parte do workshop ficou nas mãos do diretor de Controle Interno, Marco Antonio de Melo, que apresentou o papel, os desafios e as principais atividades da Controladoria. Entre todas, ele destacou: avaliar o cumprimento de metas, comprovar a legalidade e eficiência da gestão orçamentária da administração pública municipal, verificar a aplicação de recursos entregues a entidades privadas, assegurar transparência das despesas, entre outras.

O workshop foi um dos eventos que acontecerão durante o ano na Escola de Governo e Gestão Pública da rede municipal (Foto: Daniel Paiva/ Prefeitura Municipal de Guarujá)

O diretor de Projetos Comunitários da Sedecon/GCM, Jurandir Vieira Canfild, compareceu ao workshop e acredita que valeu a pena participar da atividade. “Acho importante adquirir conhecimento de todas as áreas para colaborar para o funcionamento da máquina municipal. Dependemos uns dos outros”, explicou Canfild.

O coordenador da Escola de Governo e Gestão Pública, Antônio Henrique Gabriel, destacou a Controladoria Geral do Município em relação às outras cidades da região. “Guarujá é uma das poucas cidades da Baixada Santista que possui um controle interno de forma institucional. Essa atividade faz com que haja um nivelamento dos setores e a máquina municipal funcione de forma harmônica e eficiente”.

Referência

A Controladoria Geral de Guarujá, implantada há dois anos pela prefeita Maria Antonieta de Brito, se tornou referência para outros municípios. Neste mês, o secretário municipal e controlador de Suzano, José Raimundo Araújo Diniz, veio à Pérola do Atlântico para conhecer o setor e levar experiências para sua cidade.

Segundo ele, a Controladoria guarujaense é um modelo para outras regiões. “O órgão daqui é um bom exemplo para cidades como a minha e tem um papel importante porque traz os principais pontos a serem enfrentados pelo administrador”, declarou.

A Controladoria é responsável por ações que garantem a boa gestão e transparência na utilização dos recursos públicos e o canal de comunicação com os munícipes, como o Manual de Compras Públicas, que está na lista de 100 ações de boas práticas em contratações públicas, transparência e combate à corrupção em pesquisa da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (ENCCLA), o Portal do Terceiro Setor (http://subvencao.webnode.com/), Ouvidoria Geral do Município e o Portal da Transparência (http://www.guaruja.sp.gov.br/informacoes-uteis/portal-da-transparencia).