Servidores de Cubatão fazem nova manifestação

13º salário. Funcionários de diversas áreas cobram pelo pagamento, além dos benefícios

Comentar
Compartilhar
18 JAN 2017Por Vanessa Pimentel10h30
Servidores cobram respostas da Administração com relação aos pagamentos atrasadosFoto: Matheus Tagé/DL

A expressão séria dos funcionários parados em frente ao Hospital Municipal de Cubatão demonstrava a preocupação e o cansaço de quem espera por uma resposta definitiva sobre o pagamento do 13º salário.

Ontem, em nova manifestação, os servidores de diversas áreas reivindicaram também as cestas básicas, vale-refeição e férias. 

“Estamos sem cesta básica há 6 meses, sem vale refeição em torno de 4 meses e sem o cartão do servidor, onde recebíamos R$ 500 para alimentação, há mais de um ano. Quem tira férias, não recebe. Com tudo isso, tem gente que está passando necessidade, é uma causa urgente”, explica o servidor da área social, Enrico Carvalho. 

Além de pressionar o governo a honrar com os compromissos, os funcionários pedem a unificação da data do pagamento dos aposentados que, segundo os servidores, são os que mais sofrem com a situação. O sindicato que representa a categoria não participou do manifesto.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio e Conservação (Sindilimpeza), Paloma dos Santos, disse que a luta é por todos, mas principalmente pelos funcionários da Companhia Cubatense de Urbanização e Saneamento (Cursan). A empresa tem em torno de R$ 117 milhões em dívidas, incluindo pagamentos devidos aos trabalhadores e corre risco de fechar. 

“Já temos milhares de desempregados na cidade, se a Cursan fechar, a estatística aumenta. E outra, se não há como pagar os salários, como farão para pagar as rescisões?”, questiona Paloma. 

Prefeitura

Por meio de nota, a Prefeitura informou que até o final do mês  espera ter uma posição definida quanto a forma de pagamento do 13º salário de 2016 de todos os servidores, bem como os valores atrasados referentes a férias e horas extras. Também ressaltou que os servidores de Cubatão estão conscientes da delicada situação financeira encontrada pela nova Administração, além das pioridades adotadas, das quais a principal foi cumprida nos últimos dias, que era o pagamento de dezembro aos aposentados.