Senado aprova US$ 60,4 bilhões para ajudar vítimas do Sandy

Por 61 votos a 33, projeto de lei vai destinar US$ 60,4 bilhões em gastos emergenciais e ajuda humanitária às vitímas da supertempestade.

Comentar
Compartilhar
29 DEZ 201211h24

O Senado dos Estados Unidos aprovou hoje, por 61 votos a 33, um projeto de lei que destina US$ 60,4 bilhões em gastos emergenciais para ajuda humanitária por causa da supertempestade Sandy, que assolou o país no final de outubro A matéria segue agora para votação na Câmara dos Representantes

De acordo com o líder da maioria no Senado, o democrata Harry Reid, o Congresso tem um histórico de aprovar auxílios em caso de desastres naturais. "Eu espero que a Câmara (que é dominada pelo oposicionista Partido Republicano) também aprove isso muito rapidamente", disse Reid.

A Casa Branca insistiu na aprovação do projeto pelo Congresso, justificando que o dinheiro é necessário para ajudar na reconstrução da Costa Leste, depois que o Sandy deixou um rastro de destruição em seu caminho. A matéria inclui verbas para um extenso número de projetos destinados a ajudar a Costa Leste, especialmente as cidades de Nova York e Nova Jersey, as mais atingidas pelo furacão.

Furacão Sandy espalhou medo e destruição pelos Estados Unidos em outubro deste ano. (Foto: AP)