Semana em comemoração ao Dia do Idoso termina nesta sexta-feira em Guarujá

O objetivo foi conscientizar e promover uma melhor qualidade de vida aos idosos

Comentar
Compartilhar
04 OUT 2018Por Da Reportagem21h40

Na semana em que se celebra o Dia Internacional do Idoso, 1º de outubro, Guarujá realiza nas Unidades de Saúde da Família (Usafas) do Município, palestras com orientações que visam promover a saúde do idoso. As ações são realizadas pela Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com a organização social (OS) Pró-Vida.

A campanha termina nesta sexta-feira (5). As unidades funcionam de segunda a sexta-feira das 7 às 17 horas. Vale lembrar que, há palestras nos grupos de Idosos e Hiperdia seguindo o cronograma normal de cada unidade.

A data comemorativa foi firmada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1991, com objetivo de sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar a população mais idosa.

Para a coordenadora de projetos da Pró-Vida, Tatiane Stefani, a campanha é de conscientização.

“Buscamos promover uma melhor qualidade de vida e também incentivar que todos participem dos grupos de idosos formados nas Usafas como, por exemplo, o de Hiperdia (Hipertensos e Diabéticos). Sabemos que hoje em dia a população nesta faixa de idade vem crescendo e estamos preocupados em dar uma melhor qualidade de vida a eles”.

A coordenadora médica do Programa Saúde da Família da Pró-Vida, Andressa Rezende, destaca importantes cuidados que o idoso deve ter. “Eles merecem uma atenção especial por parte de familiares. As orientações visam promover o equilíbrio físico e psicológico, estimulando mais qualidade de vida aos idosos”.

Confira abaixo os principais cuidados:

Tomar água, pois a hidratação é essencial;
Beber leite e consumir seus derivados de forma diária;
Fazer exames periódicos da sua visão e incentivar sempre o uso de seus óculos, caso necessário;
Fazê-lo praticar exercícios físicos diariamente, sob a orientação de uma equipe de saúde;

Se o idoso caiu, não deixe de contar para a equipe de saúde, mesmo que as consequências não tenham sido graves;

Se o idoso sentir tonturas, desequilíbrio ou fraqueza, não deixe de relatar, também, para a equipe de saúde;

Não deixe de informar, também, sobre os remédios que o idoso está tomando e tenha o cuidado de incentivá-lo a tomar apenas os que o médico receitou.

Além destes cuidados, também existem uma série de precauções que pode ser tomada para prevenção da queda do idoso. Veja algumas dicas sobre como evitá-las:

Mantenha os ambientes sempre bem iluminados. À noite, é preferível que a luz do corredor ou banheiro esteja acesa;

Instalar barras de apoio no banheiro é essencial, próximos ao vaso sanitário e no box do chuveiro igualmente;

Mesmo que vá permanecer dentro de casa, são recomendados os usos dos calçados fechados, com sola de borracha e saltos baixos. Nunca andar descalços ou apenas de meias.