Semana Afonso Schmidt tem sessão solene na Câmara Municipal

A sessão, presidida pelo titular daquela Casa Legislativa, César da Silva Nascimento, teve como orador principal o escritor Manoel Herzog, saudado pelo vereador Ivan da Silva (Ivan Hildebrando)

Comentar
Compartilhar
28 JUN 201412h05

"Minha fala é breve, pois, como disse Schmidt a respeito de um dos temas que ele deveria tratar, 'encontrei tanta coisa bonita, que fiquei com pena de estragar o assunto'". Com essas palavras e a saudação aos homenageados da noite, o prefeito Wagner Moura encerrou com seu pronunciamento a sessão solene em homenagem ao escritor cubatense Afonso Schmidt, promovida nesta sexta-feira (27) na Câmara Municipal de Cubatão.

A sessão, presidida pelo titular daquela Casa Legislativa, César da Silva Nascimento, teve como orador principal o escritor Manoel Herzog, saudado pelo vereador Ivan da Silva (Ivan Hildebrando). Como foi lembrado, Manoel é radicado em Cubatão e tem diversos livros publicados, como "Brincadeira Surrealista", "Fuga à Amazônia de Mim", "Os Bichos" e "Companhia Brasileira de Alquimia", tendo sido dirigente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Cubatão e mantendo agora coluna regular no website Cinezen.

Seguiu-se um vídeo sobre a obra do principal literato cubatense, e o Coral Municipal Zanzalá, regido por Neilse Machado, apresentou três trabalhos baseados na obra poética de Schmidt, musicados pelo maestro Roberto Farias.

Agrimaldo Rocha da Silva (vereador cujo projeto de lei resultou na criação da Semana Afonso Schmidt e na escolha desse nome para o salão de reuniões da Câmara) foi um dos participantes da mesa dos trabalhos, integrada também pelo secretário municipal de Cultura, Welington Ribeiro Borges, e pelo presidente da OAB/Cubatão, Luiz Marcelo Moreira.

A sessão, presidida pelo titular daquela Casa Legislativa, César da Silva Nascimento, teve como orador principal o escritor Manoel Herzog, saudado pelo vereador Ivan da Silva (Ivan Hildebrando) (Foto: Divulgação)

Conforme as indicações das bancadas partidárias na Câmara (exceto o SDD, que não apresentou nome), foram então homenageados com a Medalha Afonso Schmidt: Benedito Rosalino de Carvalho (comerciante, funcionário público, escritor e professor de música, indicado pelo PDT), Orestes Correia Leite Júnior (agente do Banco do Povo na cidade, indicado pelo PSDB), a professora municipal Lúcia Celeste de Melo Rodrigues (PT), a incentivadora cultural e ex-secretária municipal Marilda Canelas (Pros), Francisco Itamar da Silva (o escritor Itamar Esperanto, indicação do PSB) e o músico Marcos Paulo Nóbrega (PMDB), cuja filhinha encantou a assistência, indo ter ao seu encontro durante a homenagem.

Recentemente falecido (em abril), o poeta cubatense Leonardo Firmino dos Santos ("Leonardo Só" ou "Poeta Clandestino"), foi também destacado por sua contribuição à cultura cubatense, com a entrega de uma placa de homenagem à sua irmã, Raimunda Firmino.

Encerrando a noite, o poeta Natanael Alencar voltou a se apresentar ao violão, com repertório de cunho evangélico. Participou da sessão ainda o corpo coreográfico da Banda Marcial de Cubatão.