X
'MEU VERDADEIRO EU'

Sem-teto passa por transformação de visual e diz que quer mudar de vida

Bruno tem chamado a atenção nas redes sociais com sua foto de 'antes e depois'

Morador de rua chamou a atenção na internet por sua transformação de visual / Arquivo pessoal

Um homem em situação de rua decidiu mudar de vida após receber, gratuitamente, uma transformação de visual em um salão de beleza. Bruno Henrique Cassimiro Ramos foi encontrado pelo cabeleireiro Leandro Matias, que decidiu ajudá-lo após vê-lo em um semáforo. 

O profissional de beleza contou a história do dia em que encontrou Bruno em Votorantim, no interior paulista.

"Estava passando próximo de um banco da cidade e vi um moço no semáforo. Logo eu pensei em como poderia ajudá-lo. Chamei o homem e dei meu cartão do salão, disse para ele me procurar que eu mudaria o visual dele", relembra.

Mesmo diante do convite, Bruno não apareceu no salão para reencontrar Leandro e realizar os procedimentos de beleza. Foi então que o cabeleireiro decidiu ir atrás do rapaz, em uma casa abandonada, onde ele costumava se abrigar.

"Na quinta-feira (24) de manhã, eu fui lá e o trouxe até o salão. Dei uma toalha e um sabonete para ele e falei 'vai lá e toma o banho da sua vida'. Depois, ele colocou um roupão meu e almoçou. Depois, fiz luzes no cabelo dele, cortei, fiz uma esfoliação no rosto dele, e também fizemos a sobrancelha. Na hora, ele ficou em choque, não acreditava que era ele", continuou Leandro em relato ao "g1".

Após a transformação de visual, o cabeleireiro postou fotos nas redes sociais comparando a aparência de antes e depois. A publicação impressionou os internautas e muitos também quiseram ajudar o homem em situação de vulnerabilidade.

Entre os que quiseram ajudar, uma dentista se prontificou a realizar um tratamento de saúde bucal em Bruno, que está marcado para os próximos dias. Roupas e outras doações também têm chegado às mãos de Bruno, pois o cabeleireiro continua recebendo contato de pessoas que se sensibilizaram com a história.

 

História de Bruno

 

Problemas na família e dificuldades com drogas marcam a história de Bruno. Ele conta que foi abandonado pela mãe e que, após isso, chegou a morar com uma irmã e com o pai, passando também um período em um orfanato. Atualmente seus familiares moram na Itália.

"Tenho 33 anos e já fui para clínicas de reabilitação duas vezes em Araçatuba. Lá eu comecei a trabalhar como técnico de iluminação, algo que eu tinha aprendido com meu irmão. Nesse tempo, eu fiquei com uma pessoa, estava bem, trabalhando, e, em 2019, fui fazer um trabalho na Ilha Comprida. Foi quando descobri uma traição. Fiquei mal e decidi que iria embora para o interior. Não conhecia ninguém".

O rapaz chegou a Sorocaba em fevereiro de 2020 e, sem seguida, teve início a pandemia de Covid-19 no Brasil. As dificuldades econômicas acabaram fazendo com que ele fosse morar nas ruas, pois não conhecia ninguém na cidade. O vício em drogas também corroborou para que ele não conseguisse se manter em uma residência fixa.

"Nessa época, eu estava descrente da vida, não queria saber de nada. Quando o Leandro me encontrou, era o que eu estava precisando. A gente cansa da humilhação. Aquele não era o meu verdadeiro eu, então aceitei a mudança".

 

Alegria na mudança de visual

 

Bruno conta com satisfação como foi se olhar no espelho pela primeira vez após a transformação. "Me senti outra pessoa, foi muita alegria. Me fez lembrar do passado. O que eu tenho mais saudade é do meu trabalho, é o que eu faço desde os meus dez anos".

Agora, o rapaz diz que pretende usar a nova aparência como motivação para mudar de vida: "não quero ser mais aquele homem, quero mudar", conta.

A irmã de Bruno está em contato com ele para tentar levá-lo até a Itália.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Polícia Civil prende acusado de assalto em São Vicente

O crime aconteceu em 2017 e o suspeito estava foragido até a sua prisão, nesta quarta-feira (10)

SANTOS FC

Santos anuncia Soteldo, do Tigres (MEX), por empréstimo

Havia concorrência no mercado, mas pesou a favor do Santos a vontade de Soteldo em voltar para a Vila Belmiro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software