Sem dores, Pelé deve receber alta do hospital na tarde deste sábado

Ele está sob cuidados médicos do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e ainda passará por análise clínica antes de ser liberado

Comentar
Compartilhar
09 MAI 201511h27

Internado deste terça-feira devido a uma cirurgia na próstata, Pelé deve receber alta até o final da tarde deste sábado. Ele está sob cuidados médicos do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e ainda passará por análise clínica antes de ser liberado.

O último boletim médico divulgado pelo hospital já previa alta do Rei do Futebol para este sábado, mas ainda havia a possibilidade de o craque passar mais uma noite sob observação. Pelé garante que já não sente as dores referentes à cirurgia.

Diagnosticado com quadro de hiperplasia, o tricampeão mundial retinha muita urina e assim corria maiores riscos de infecção urinária. Como Pelé sofreu com a infecção no final do ano passado, tomou-se a decisão de enfrentar o procedimento cirúrgico para evitar nova ocorrência.

Aos 74 anos, o Rei Pelé é acompanhado de perto pelos médicos por ter apenas um rim – o outro foi retirado nos Anos 70. Em novembro ele removeu cálculos renais dias antes de sofrer infecção urinária. Seu quadro piorou para infecção generalizada e, após duas semanas de sustos e entradas na UTI, o ídolo se recuperou.

Pelé deve receber alta até o final da tarde deste sábado (Foto: Divulgação/CBF)